quinta-feira, abril 24, 2014

CLICK PARA OUVIR 

Os municípios de todo o Brasil têm até o mês de agoto para encerrar os lixões e realizar a implantação de aterros sanitários. 

A reportagem do site WWW.LAZAROFARIAS.COM.BR conversou com Dr. Beranger Araújo que faz parte da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e coordenou as conferência do meio ambiente em toda Paraíba.

Ele disse que no dia 02 de agosto de 2014 todas as cidades do Brasil precisam se apresentar com aterros sanitários, mas admitiu que dificilmente isso ocorrerá. 

Beranger afirmou que atualmente nenhuma cidade da Paraíba dispõe de aterro sanitário e que os prefeitos perderam os recursos disponíveis no ano 2012 por falta de projetos. 

Apesar desses dados, o secretário de serviços urbanos de Campina Grande, Geraldo Nobre, afirmou nesta quinta feira (24) que o município vai conseguir cumprir a meta estabelecida, ou seja, até agosto Campina terá um aterro sanitário. 

O gestor ainda relatou que a prefeitura de Campina Grande caminha a passos largos na construção do plano municipal dos resíduos sólidos.      

O assunto foi repercutido na rádio Campina FM no Jornal Integração com os Jornalistas Geovanne Santos e Lázaro Farias. 

Da Redação  
Moradores da região de Cachoeira dos Índios bloquearam a PB-420 na manhã desta quinta-feira (24) em protesto contra as péssimas condições da via. A rodovia liga a cidade de Cachoeira dos Índios à BR-230, sentido Cajazeiras.
Os moradores e motoristas da região solicitam a reforma da rodovia, já que os buracos atrapalhar o tráfego e as laterais da pista estão tomadas pelo mato. De acordo com os manifestantes, o DER-PB já havia recebido a solicitação para recuperação da rodovia, mas até agora sem nenhum empenho do órgão.
De acordo com os motoristas, a interdição da PB-420 foi a forma encontrada de chamar a atenção do governo para a situação da rodovia e solicitar a sua recuperação. Os manifestantes aguardam que alguma autoridade se comprometa em resolver a situação para que a rodovia seja novamente liberada.
No momento, a estrada só está sendo liberada para a passagem de ambulâncias.

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), resolveu partir para o ataque, diante das notícias de que a Assembleia Legislativa poderá instaurar uma CPI do Hospital de Trauma. "Pode mandar CPI de caminhão", disse o socialista em entrevista concedida na manhã de hoje (24) na Granja Santana (Residência Oficial).
Ricardo disse ainda que "não tem medo de nada, ainda mais de investigação" e garantiu que os salários pagos pela Cruz Vermelha, entidade que detém a gestão do Hospital, estão dentro da "normalidade". "Tem médicos de certas especialidades que não ganham salários só de 18 mil", justificou. "Muitos deles ganham mais que governador, aliás qualquer deputado ganha mais que um governador", alfinetou.
Para o socialista, as eleições serão uma oportunidade de debater questões como a violência. "Faço questão de travar este debate", insistiu.
Quando o assunto é o rompimento do senador, Cássio Cunha Lima (PSDB), Ricardo demonstra ainda grande irritação com o assunto e provoca: "Eu acho que o PSDB é que me perdeu", arrematou.

A deputada Daniela Ribeiro (PP) minimizou a falta de compromisso do PP ao não cumprir o prazo estipulado para indicar um candidato aos outros partidos do “Blocão”. Na manhã de hoje, durante entrevista ao “Correio da Manhã”, Daniella disse que acredita no blocão (PP, PT e PSC) e descartou qualquer aliança com o PSDB que tem como pré-candidato o senador Cássio Cunha Lima.

A deputada disse que o ex-ministro das Cidades, o deputado Aguinaldo Ribeiro estava muito ocupado finalizando o trabalho junto ao Ministério e que só agora, após a entrega do cargo do ministro e viagem de descanso o PP irá analisar o cenário e anunciar a decisão. Ela garantiu que Cássio nunca conversou com Agnaldo sobre a indicação do deputado do PP para a vaga de Senado na chapa majoritária dos tucanos. Um suposto acordo firmado entre os dois, não foi confirmado pela deputada.

O ex-ministro Aguinaldo Ribeiro deverá ser apenas candidato a deputado federal, mas especula-se que o pai, o ex-deputado Enivaldo Ribeiro, deverá ser candidato a suplente de senador na chapa de Santiago.

A ruptura do “Blocão” foi negada por Daniella. Ela disse que os primeiros entendimentos devem ser junto ao grupo formado pelo PT, PP e PSC. A deputada garantiu que não há entendimentos do PP com o senador Cássio Cunha Lima para uma composição majoritária. “Aguinaldo não vai ser senador de Cássio de forma alguma. Não existem conversas nesse sentido eu acredito no blocão”, disse Daniela. Ela também confirmou que vai disputar a reeleição de deputada estadual.

PBAgora
Os médicos e técnicos do Hospital Universitário Alcides Carneiro estão com as atividades paralisadas em Campina grande.

Na manhã desta quinta feira (24) a Diretora da Unidade Hospitalar Berenice Ferreira concedeu entrevista e comentou a respeito do assunto.

Ela disse que a interrupção no trabalho dos profissionais está dentro de uma mobilização nacional e que a entre as reivindicações está a jornada de 6 horas de trabalho por dia.

A Diretora informou que os serviços essenciais não foram paralisados, tais como, Oncologia, Diabetis tipo I, medicação para portadores de HIV, troca de sondas entre outros que correspondem a 30% dos atendimentos.

Berenice Almeida disse também que não sabe quando os profissionais vão voltar as atividades normais, mas afirmou que até lá vai fazer o possível para manter pelo menos o básico para a população.

O Hospital Universitário de Campina Grande atende uma demanda não apenas da própria cidade, mas atinge mais de 50 municípios do interior do estado.   

quarta-feira, abril 23, 2014

O açude de Boqueirão está com o nível da água muito baixo, de acordo com a AESA o manancial se encontra com apenas 31% de sua capacidade total.

Apesar disso, a prefeitura de Campina Grande não tem um planejamento para economizar água durante a realização do chamado “MAIOR SÃO JOÃO DO MUNDO”.

Nesta quarta feira 23 quando concedia entrevista para falar sobre o lançamento do evento a coordenadora municipal de Turismo ficou desconcertada quando questionada sobre como a prefeitura vai economizar os recursos hídricos durante a festa.

Catherine Brasil não soube bem o que falar a respeito e generalizou o discurso dizendo que todos serão orientados pelo governo para contribuir com a economia da água.

Quando tentou falar concretamente, Catherine se perdeu no argumento afirmando que para economizar água serão ofertados cursos de manipulação de alimentos.

De acordo com a DIVISA - Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental o curso de manipulação de alimentos serve para que os profissionais da área entendam a importância de manter um ambiente higienizado, seguindo as normas sanitárias da Divisa.

Essa será a medida ideal para economizar água durante o São João? Fica o questionamento.

ESCUTE O TRECHO DA ENTREVISTA QUE FOI CONDUZIDA PELO JORNALISTA LÁZARO FARIAS NO JORNAL INTEGRAÇÃO DA CAMPINA FM




Começam nesta quarta-feira (23), as oficinas de apoio à formação de consórcios públicos para os gestores de municípios paraibanos. As primeiras cidades a receber a oficina serão Cajazeiras e Boqueirão, a partir das 9h. A realização das oficinas é uma forma do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência - Serhmact, contribuir para o cumprimento da Lei Federal que institui a Política Nacional dos Resíduos Sólidos, que determina a extinção de todos os lixões no País até o mês de agosto deste ano. 
 
Até o dia 28 deste mês, prefeitos, vereadores, assessores jurídicos e representantes de secretarias ligadas à limpeza urbana de oito cidades vão participar da capacitação e tirar suas dúvidas sobre a instalação dos consórcios públicos que vão gerir os resíduos sólidos produzidos nesses municípios. 
 
Para a gestora ambiental da Serhmact, Vanessa Fernandes, “os consórcios públicos mostram-se como institutos que podem trazer uma nova perspectiva no gerir da coisa pública”. Ela lembrou que integrantes de consórcios têm recebido prioridade na obtenção de recursos financeiros disponibilizados pelo Governo Federal. 
 
Confira as datas, cidades e locais onde acontecerão as oficinas:
 
Data Hora Local
 
23.04 9h Cajazeiras Sindicato dos Trabalhadores Rurais Rua Dr. Coelho, Centro. N° 01
 
23.04 9h Boqueirão Auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais
 
24.04 9h Itaporanga Auditório da Câmara municipal de Itaporanga
 
24.04 9h Bananeiras Espaço Cultural Oscar de Castro
 
25.04 9h Teixeira Auditório da Câmara dos vereadores
 
25.04 9h Alhandra Auditório da Sec. Municipal de Educação vizinho a prefeitura
 
28.04 9h Catolé do Rocha Centro Cultural Oscar de Castro
 
28.04 9h Serra Branca Auditório da secretaria de saúde, em frente ao hospital público

Salários variam entre R$ 1, 6 mil e R$ 7,7 mil.
Taxas de inscrição são de R$ 40 e R$ 65, de acordo com o nível do cargo



As inscrições do concurso do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) começam nesta quarta-feira (23). Os candidatos podem se inscrever pela internet pelo site da empresa organizadora, mas também de forma presencial até o dia 26 de maio.
Para quem não tem acesso a internet, os candidatos podem procurar um ponto de atendimento que vai funcionar das 8h às 12h e das 14h às 17h, de segunda a sexta-feira (exceto feriados), na RD7 Copiadora e Papelaria, situada na Rua José Serrano Navarro, 354, Castelo Branco III, em João Pessoa
Ao todo estão sendo oferecidas 978 vagas com salários que variam entre R$ 1.630 e R$ 7.774. Entre as vagas, 133 são de nível superior na Área Médica, distribuídas em 55 especialidades; 740 vagas de nível superior e médio na Área Assistencial; e 105 vagas de nível superior e médio na Área Administrativa, além de formação de cadastro de reserva em todos os editais.
Clique para ver o edital da Área Administrativa, da Área Médica e da Área Assistencial, assim como a distribuição das vagas por área, os salários e o conteúdo programático das provas.
O Concurso Público vai contar com prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, e de avaliação curricular de Títulos e de Experiência Profissional, de caráter exclusivamente classificatório. Os concursados serão regidos pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
A aplicação das provas objetivas está prevista para o dia 20 de julho e será realizada na cidade de João Pessoa. A duração das provas será de quatro horas. As provas serão constituídas pelas seguintes disciplinas: língua portuguesa, raciocínio lógico e matemático, legislação aplicada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), legislação aplicada ao SUS e conhecimentos específicos.
Para os cargos de deputado estadual e federal, a direção da legenda analisa aproximadamente 70 nomes, entre eles vereadores e policiais militares

Portal Correio. 

O Partido Republicano da Ordem Social (Pros) deverá anunciar na sexta-feira (25) os nomes que vão compor, junto ao pré-candidato a governador, Major Fábio, a chapa majoritária da legenda para as eleições de outubro. No mesmo dia, o Pros divulgará a data do primeiro encontro estadual do partido e inauguração oficial da sede da legenda.


De acordo com o presidente estadual do Pros, Moisés Gouveia, ainda não há local e horário definidos para o evento da sexta-feira, mas os membros da direção fizeram ontem a primeira reunião de encaminhamento para o encontro estadual. “Fizemos uma reunião de avaliação e estaremos concentrados nisso durante toda a semana para que possamos divulgar as datas e os nomes na sexta-feira”, afirmou.

“Somos um partido novo e temos nossas limitações estruturais. Muitos de nossos membros possuem outras ocupações além da vida política, por isso temos algumas dificuldades para definir datas e horários. Então precisamos ir aos poucos na divulgação dos nomes que vão compor a chapa”, afirmou.

O partido já lançou o Major Fábio como pré-candidato ao Governo do Estado e estuda o nome do vereador de Campina Grande, Alexandre do Sindicato, para concorrer ao Senado, e o pastor Olavo Filho para compor a chapa como candidato a vice-governador. “Esperamos anunciar todos os nomes na sexta-feira, além do Major Fábio, que todos já têm conhecimento, deveremos ter também o vereador Alexandre do Sindicato e o pastor Olavo Filho, que também devem compor a chapa”, afirmou.

Para os cargos de deputado estadual e federal, a direção da legenda analisa aproximadamente 70 nomes, entre eles vereadores e policiais militares. Segundo o pré-candidato Major Fábio, inicialmente o partido procurou outras legendas, mas não obteve o retorno esperado. Dessa forma, o objetivo do Pros agora é lançar uma chapa “puro sangue”, abrindo um diálogo com outros partidos emergentes como PTN, PTC e PMN, para as proporcionais.

Reunião do PMDB em Brasília discutiu candidatura e alianças na Paraíba

O pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado da Paraíba nas Eleições 2014, Veneziano Vital do Rêgo e o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) estiveram reunidos na noite desta terça-feira (22) com a cúpula do PMDB nacional, em Brasília. O objetivo do encontro foi discutir estratégias do partido visando o fortalecimento da pré-candidatura de Veneziano a governador, como também a política de alianças do PMDB e aliados para o pleito.
Além de Veneziano e do Senador Vital, participaram do encontro, ocorrido no Palácio do Jaburu, o vice-presidente da República Michel Temer; o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), o deputado federal e presidente da Fundação Ulysses Guimarães, Eliseu Padilha (PMDB-RS); e os deputados federais Nilda Gondim (PMDB-PB) e Manoel Júnior (PMDB-PB).
O encontro começou com uma avaliação do cenário nacional, com a discussão das perspectivas do partido em relação às eleições estaduais e de composição das bancadas na Câmara e no Senado. Segundo informou o senador Vital, a expectativa do PMDB é muito positiva em relação ao pleito de 2014.
“O PMDB deverá se manter como o maior partido do Brasil. Esperamos eleger entre nove e dez governadores, queremos ampliar nossa bancada na Câmara Federal e também no Senado. E, para isso, estamos formalizando alianças com aliados históricos, a exemplo do PT e de outros partidos que, nacionalmente, apoiam o governo da presidente Dilma”, afirmou o senador Vital do Rêgo.
Já o pré-candidato do PMDB ao Governo da Paraíba, Veneziano Vital do Rêgo, disse que a probabilidade da união entre PMDB e PT no primeiro turno da eleição na Paraíba também foi discutida durante o encontro. Ele afirmou que a possibilidade desta união é real, considerando os cenários estaduais. “Estamos confiantes e acreditando na união ente PMDB e PT no primeiro turno”.
Ao mesmo tempo, os líderes discutiram a formalização da coligação com a participação de outras legendas que, tanto no campo nacional como na Paraíba, tem tendências naturais de união.

Assessoria de Imprensa