domingo, 27 de dezembro de 2015

Empresário e mulher morrem queimados; esposa teria causado incêndio por ciúme

Um casal do Rio Grande do Norte, cujo marido era empresário do setor de cosméticos, morreu nessa sexta-feira (25), em Campina Grande, após ficar seis dias internado vítima de um incêndio em um prédio de salas comerciais da cidade no dia 19 de dezembro, no bairro Presidente Médici, na Zona Sul do município. Segundo pessoas próximas aos envolvidos, a mulher teria ateado fogo ao local durante uma discussão por ciúmes do esposo com outra mulher.

Na ocasião do incêndio, conforme testemunhas, agentes do Corpo de Bombeiros tiveram que arrombar a entrada o local, que funcionava como um depósito de cosméticos, para resgatar as vítimas, que tiveram grande parte dos corpos queimada. A porta do estabelecimento teria sido trancada pelo lado de dentro. 

Além do depósito, o fogo também afetou um consultório odontológico e outras salas, mas sem gravidade. 

Marido e mulher foram direcionados para o Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, onde permaneceram na Unidade de Terapia Intensiva até o falecimento, nessa sexta, com cerca de 30 minutos de intervalo entre eles.

correio
Share:

Vereador de Pedra Lavrada diz que enquete foi forjada para prejudicar prefeito

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias