EM DESTAQUE

Conselheiro do TCE elogia processo de transição em Juazeirinho

O prefeito Jonilton Fernandes esteve em João Pessoa essa semana em reunião com o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado - TCE - Dout...

Rádio Online

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

TEMER, CABRAL, PEZÃO E PAES FAZEM JANTAR DA 'PACIFICAÇÃO'

Depois de vários dias de conflito entre o PMDB do Rio de Janeiro e o vice-presidente da República Michel Temer, presidente nacional do partido, um jantar na noite deste domingo, 20, abriu caminho para a pacificação. O encontro aconteceu na casa de Temer em São Paulo e reuniu o governador Luiz Fernando Pezão, o prefeito Eduardo Paes e o ex-governador Sérgio Cabral.

Os líderes do PMDB-RJ negaram que façam parte do movimento para tirar Temer do comando do partido e reiteraram apoio à recondução do presidente, na convenção prevista para março do ano que vem. Todos concordaram que a tensão entre os peemedebistas do Rio e o grupo de Temer tinha agravado a divisão do partido e prometeram trabalhar para acalmar os ânimos. "Reafirmamos nosso compromisso de reeleição do presidente Temer e de pacificar o relacionamento do PMDB do Rio com ele", disse Pezão à reportagem nesta segunda-feira, 21.

Aliados da presidente Dilma Rousseff, Pezão, Paes e Cabral fazem parte do movimento contrário ao impeachment. Nas últimas semanas, Pezão e Paes criticaram a proximidade de Temer com a ala oposicionista do PMDB e a destituição do deputado Leonardo Picciani (RJ) da liderança do partido na Câmara. O governador e o prefeito trabalharam pela recondução de Picciani ao cargo, formalizada na quinta-feira, 17. O PMDB-RJ também reagiu à decisão da executiva nacional do PMDB de dar a palavra final sobre novas filiações de parlamentares ao partido. (AE)
Proxima Anterior Inicio