EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Mesmo com as chuvas Açude de Boqueirão continua baixando nível de água, a crise hídrica continua.

Foto: TV Paraíba 
Ao contrário do que muita gente pensa, o açude Epitácio Pessoa, um dos principais reservatórios de água da Paraíba, não vem recebendo recarga, mesmo depois de algumas chuvas. 

O cenário verde que se mostra no cariri e as fotos e vídeos divulgadas pelas redes sociais de água correndo pelo rio Taperoá, dão esperança ao povo, mas na prática não garantem a recarga do açude também conhecido como "Boqueirão".

O que se verifica na verdade é que o reservatório, segundo o DENOCS - Departamento Estadual de Obras Contra Seca -, inclusive baixou (6 cm) nos últimos dias. 


Severino de Normandia, auxiliar administrativo do DENOCS, disse que não existe mistério, "a precipitação de chuva foi pequena, a água não chegou no açude, que essa semana perdeu mais 6 centímetros e perde pelo menos 1 centímetro por dia " disse ele.

Severino ainda relatou que o maior vilão é a evaporação, "com o sol forte e a quantidade e o espelho de água menor, a evaporação é intensa". disse o funcionário. 

A CAGEPA - Companhia de Água e Esgotos da Paraíba - afirmou que o manancial continua operando no volume morto, mas possui recarga de água suficiente para mais um ano, desde que intensificadas novas etapas de racionamento. 

A população precisa economizar ainda mais, disse o presidente da companhia. Atualmente o açude de Boqueirão abastece Campina Grande e outras 17 cidades. 

LF - Redação de Campina Grande 
Informações TV Paraíba
Proxima Anterior Inicio