EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

AGORA É LEI: Donos de casas com foco de Aedes podem ser multados

Está em vigor a Lei 13.173, de autoria do vereador Lucas de Brito (DEM), que estabelece medidas de combate ao Aedes aegypti e de prevenção à microcefalia. A norma também prevê multas para comerciantes, moradores ou qualquer pessoa que contribua, de alguma forma, para o surgimento de criadouros e para a proliferação do mosquito, em João Pessoa. A multa é de aproximadamente R$600,00, dobrada em caso de reincidência.

O “Plano João Pessoa sem Microcefalia”, sugerido por Lucas de Brito (DEM), tem o objetivo de induzir, de forma articulada, contínua e abrangente, a intensificação das ações contra o Aedes aegypti e de controle da microcefalia, no âmbito do Município de João Pessoa. De acordo com a Lei, ações deverão ser realizadas para esclarecer e conscientizar a população sobre a importância do combate ao mosquito transmissor dos vírus da dengue, chikungunya e zika. Este último tem relação direta e comprovada com os casos de microcefalia.

A norma também prevê a divulgação de informações sobre as formas de prevenção, transmissão, bem como os sintomas e o tratamento da microcefalia. Esse trabalho deve ser desenvolvido não só pelo poder público, mas por toda a sociedade.

“Estamos em guerra. Os números de crianças com microcefalia e de pessoas infectadas com os vírus da dengue, chikungunya e zika só aumentam. Vivemos um estado de emergência sanitária e de saúde. Precisamos nos unir para acabar com o mosquito Aedes aegypti”, concluiu Lucas.



Fonte: Secom CMJP
Proxima Anterior Inicio