EM DESTAQUE

Conselheiro do TCE elogia processo de transição em Juazeirinho

O prefeito Jonilton Fernandes esteve em João Pessoa essa semana em reunião com o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado - TCE - Dout...

Rádio Online

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Apesar das chuvas, safra de grãos continua baixa na Paraíba

JP-Com as chuvas do início do ano,  a projeção para a produção de grãos na Paraíba subiu, mas ainda está longe das 145 mil toneladas colhidas em 2011, antes da seca prolongada dos últimos  anos.  A estimativa da safra 2015/2016 é de 47,8 mil toneladas, 30% a mais do que o registrado na produção do ano passado (36,8 mil toneladas). Os dados constam no 5º Levantamento da Safra de Grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). 

O levantamento divulgado este mês mostrou que estão previstos 16,9 mil toneladas de feijão, que representa  uma alta de apenas 4% sobre a safra do ano passado (16,2 mil toneladas). Já a expectativa para o milho é de 29,9 mil toneladas,  expansão de 47% sobre a produção anterior (20,3 mil toneladas). Essas duas culturas são responsáveis por cerca de 98% dos grãos plantados no Estado. 

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa), Mário Borba, afirmou que ainda é muito cedo para falar em prognóstico porque só choveu no Sertão e Cariri em janeiro. 

“Neste momento só está chovendo na Zona da Mata. Por isso, teve agricultor que nem plantou porque ainda está esperando um tempo mais favorável”, revelou.

O secretário de Estado de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Rômulo Montenegro, afirmou que mesmo que as precipitações deste ano cheguem em quantidades normais, o agricultor não terá como repetir a produção dos últimos cinco anos. “Até porque o banco de sementes dos agricultores familiares foi dizimado”.

De acordo com ele, a distribuição de sementes de feijão, milho e sorgo na Paraíba este ano deverá  ocorrer em março. A previsão é oferecer as cerca de 700 toneladas de grãos entregues em anos anteriores.
Proxima Anterior Inicio