EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

DELCÍDIO SE DIZ INJUSTIÇADO EM CARTA ENVIADA A SENADORES

DP-Sem conseguir marcar encontros pessoalmente com os pares, o senador Delcídio do Amaral (PT_MS), que era líder do governo Dilma quando foi preso, enviou cartas para se explicar aos demais parlamentares. Delcídio baseia toda a sua defesa em acusar órgãos da mídia nacional de publicar notícias "delirantes" recheadas de "inverdades" sobre o seu caso.

O senador alega jamais ter feito ameaças a qualquer pessoa e classifica como "injusto" o seu encarceramento, mas não apresenta explicações para a gravação onde ele trama a fuga de Nestor Cerveró do País, além de R$ 50 mil mensais, para que ele desminta a delação premiada acordada com a justiça.

Por fim, o senador parece confiar no corporativismo para se salvar. Frases como "reafirmo meu compromisso de lealdade com o Senado" ou "[estou] convicto da imparcialidade de V.Ex.ª" indicam que Delcídio esqueceu ou ignorou o fato de que a maioria dos pares votou por sua permanência na cadeia. Confira abaixo a carta enviada por Delcídio a todos os senadores.


Proxima Anterior Inicio