EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

DEPOIMENTOS DE LULA E MARISA À JUSTIÇA NESTA QUARTA-FEIRA SERÃO SEPARADOS

DP-Os depoimentos do ex-presidente Lula e sua esposa, Marisa Letícia, sobre a negociação de um apartamento triplex, no Guarujá (SP) foram marcados para esta quarta-feira, 17, em horários diferentes.

Os dois são investigados pelo Ministério Público de São Paulo.

Há previsão de manifestações de apoio e contrárias ao ex-presidente no fórum da Barra Funda.

No entanto, como não há sanção em não comparecimento, o petista e sua esposa podem não depor ao promotor Cássio Conserino, que chegou a declarar que o depoimento serviria apenas para “cumprir uma formalidade” e que “já reunira provas suficientes para denunciá-los pelo crime de ocultação de patrimônio”.

O promotor investiga a suspeita de que Lula tenha ocultado de seu patrimônio o triplex 164-A, de 297 metros quadrados, que fica no Condomínio Solaris, na praia de Astúrias.

Independente da Lava Jato, a investigação apura ainda a transferência de prédios inacabados da Bancoop – cooperativa do sindicato dos bancários que se tornou insolvente – para outras empresas, entre as quais a empreiteira OAS, envolvida no esquema de corrupção da Petrobras dissecado em Curitiba (PR).

Investigadores suspeitam que a empreiteira OAS, que assumiu a obra com a falência da Bancoop, reservou o imóvel para o ex-presidente Lula e a família dele.

O Instituto Lula nega que o ex-presidente a e seus familiares sejam proprietários do apartamento e divulgou documentos que, na opinião deles, comprovam que as suspeitas são infundadas e levianas.
Proxima Anterior Inicio