EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Extra: Batida entre ônibus e trem deixa mortos e 10 feridos na Paraíba

PC-Pelos menos dez pessoas ficaram feridas e três morreram após um acidente envolvendo um trem da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e um ônibus, na tarde desta segunda-feira (29), no distrito de Várzea Nova, município de Santa Rita, na Grande João Pessoa. O número de mortes foi confirmado pela Polícia Militar, que ainda procurava, até as 16h46, por mais feridos ou mortos embaixo da locomotiva. Só no Hospital de Emergência e Trauma em João Pessoa, oito feridos foram atendidos, todos em estado grave e cinco com risco de morte.

Ao Portal Correio, o delegado Antônio Farias, da 6ª Delegacia Distrital em Santa Rita, disse que uma falha do ônibus teria feito com que o veículo ficasse parado na linha férrea. Ainda segundo o delegado, o motorista poderá ser indiciado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, por não ter aberto as portas do ônibus para que os passageiros descessem antes da colisão.

“Estamos ouvindo os envolvidos e testemunhas para o futuro inquérito. Já sabemos que houve uma falha no ônibus e que isso fez com que o veículo parasse na linha férrea. Também sabemos que o trem não tem condições de parar rapidamente e não poderia evitar a colisão. Outro fato é que o motorista do ônibus não abriu sequer as portas para que os passageiros descessem e pudessem fugir da colisão. Isso vai ser investigado e ele poderá ser indiciado por homicídio culposo”, afirmou o delegado.

Os feridos começaram a chegar ao Trauma por volta das 17h15. Oito pessoas deram entrada na unidade, sendo cinco em situação gravíssima e com risco de morte. As outras três pessoas foram diagnosticadas com fraturas em diversos membros do corpo. Mais vítimas feridas teriam sido atendias pelo Corpo de Bombeiros e levadas para outras unidades de saúde da Região Metropolitana.



CBTU lamenta acidente

Em nota, a CBTU lamentou o acidente e as mortes e informou também que vai abrir uma sindicância para apurar os fatos. A Companhia confirmou que testemunhas informaram que o maquinista acionou, diversas vezes, o apito do trem, mas o ônibus não saiu da linha e a colisão não pôde ser evitada. 
Proxima Anterior Inicio