EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Foco da operação lava jato agora é a prisão de Lula - Por Elio Gaspari

Elio Gaspari

Quem conhece os movimentos da Operação Lava Jato assegura: O time vestiu o uniforme, calçou as chuteiras e quer entrar em campo para buscar a prisão de Lula. Para que isso aconteça são necessárias algumas condições:

1ª- Que o juiz Sergio Moro aceite o pedido.

2ª- Que a acusação tenha força suficiente para não ser derrubada no Superior Tribunal de Justiça. Isso, entendendo-se que, se Moro conceder o pedido, é improvável que a medida seja revogada no Tribunal Federal da 4ª Região.

3ª- Ultrapassados esses dois obstáculos, restará um julgamento no Supremo Tribunal.

Ninguém pode saber qual será o desfecho de cada uma dessas situações. De qualquer forma, fica uma certeza: a infantaria da Lava Jato jogaria numa só mão de carta todas as fichas que acumulou ao logo de dois anos de trabalho. Ganhando, quebra a banca. Perdendo, fica sem uma perna.



Quando a Polícia Federal informou que “o possível envolvimento do ex-presidente da República em práticas criminosas deve ser tratado com parcimônia”, estava dizendo mais que isso. Afinal, se o problema fosse de parcimônia, não precisava ter dito nada.

Fonte: O GLOBO

Créditos: Elio Gaspari
Proxima Anterior Inicio