Notícias com Polêmica Paraíba

Entrevista da semana com o prefeito de Taperoá

Galdino admite cortes de diárias e pessoal e garante que não usará AL para fazer política

O presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), admitiu mais cortes no Poder por conta da queda no repasse do duodécimo, que está chegando a R$ 500 mil ao mês. Após reduzir o expediente, o socialista afirmou que deverá cortar diárias e diminuir gastos com combustíveis, e até mesmo, com pessoal.

Ele confirmou que participará de reunião com presidentes dos demais Poderes, se for convidado, para levar as preocupações ao governador Ricardo Coutinho (PSB).

O socialista, que teve seu nome confirmado como pré-candidato a prefeito de Campina Grande no último sábado (20), assegurou que dará o exemplo e não usará a Assembleia Legislativa para fazer política.

“Sou candidato e não usarei a Casa para fazer qualquer conjectura política e partidária referente às eleições em Campina Grande”, disse.

Galdino também anunciou que deverá almoçar hoje com lideranças do PSB para iniciar as articulações e viabilizar sua postulação a prefeito de Campina Grande. Ele ainda garantiu que respeitará a candidatura do deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB).

LF/Gordinho 
Share:

Vereador de Juazeirinho diz que governo errou exageradamente

Entrevista