EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Municípios do interior têm nível extremo de radiação ultravioleta

Protetor solar, óculos escuros e chapéu são alguns dos itens imprescindíveis para quem vai à praia. Mas se engana quem pensa que esse cuidado só é necessário no Litoral. Assim como Campina Grande, que está situada no Agreste, outras cidades do interior, como  Guarabira, no Brejo; Monteiro, no Cariri; e Patos, no Sertão, também alcançam o índice de radiação ultravioleta (UV) de intensidade 13, o que se configura como nível extremo em uma escala variável de 1 a +14, sendo os valores menores indicativos de baixa intensidade e os valores maiores de altas intensidades. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Estiagem, pouca cobertura de nuvens e a posição latitudinal do Estado – próximo à linha do equador – são os fatores que contribuem para a alta incidência dos raios ultravioleta (IUV) no nosso Estado, informou a meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), Carmem Becker.

LF/JP
Proxima Anterior Inicio