EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Operação interestadual apreende veículos de luxo em Campina Grande

JP - Três homens foram autuados e pelo menos seis veículos foram apreendidos em uma operação conjunta das polícias civis dos estados da Paraíba e Pernambuco, realizada em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. A ação interestadual investiga a comercialização de veículos e equipamentos automotivos com suspeita de furto na cidade paraibana. Entre os veículos apreendidos estão carros de luxo.

“Nessa investigação, que acontecia há dois meses, foi levantada a suspeita de que carros de luxo estavam sendo furtados em Pernambuco e encaminhados para Campina Grande, onde seriam repassados para outras pessoas. Inclusive, os interessados indicavam quais modelos de carros queriam. Depois de furtados, os veículos eram revendidos a preços muito abaixo do valor real”, contou o delegado de Roubos e Furtos (DRF), Cristiano Santana.

A operação foi deflagrada nesta quinta-feira (25) e os procedimentos se estenderam até a madrugada desta sexta-feira (26). Na primeira ação, no bairro do Alto Branco, um jovem de 27 anos foi flagrado com um carro de luxo, três carros de passeio, um reboque e um quadriciclo. Segundo a Polícia Civil, ele foi preso e os veículos passarão por perícias.

Depois dessa ação, os policiais foram até uma loja equipadora automotiva no bairro das Malvinas para cumprir um mandado de busca e apreensão em uma segunda parte da operação. No estabelecimento, foram encontrados vários equipamentos estocados sem nota fiscal. O dono da loja, um homem de 28 anos, foi encaminhado para a Central de Polícia Civil e autuado por meio de um Termo Circunstanciado de Ocorrência. Ele responderá em liberdade.

Enquanto a polícia cumpria este mandado, um cliente chegou no estabelecimento com um carro de luxo e um reboque com equipamento de som, segundo informou a polícia. Ele não tinha a nota fiscal dos aparelhos e o chassi do reboque estava adulterado.



De acordo com o delegado de Roubos e Furtos (DRF) da Polícia Civil, Lamartine Lacerda, este cliente, um homem de 31 anos, foi preso em flagrante por crime de receptação e adulteração.
“A ação foi deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco, que chegou em Campina Grande e pediu o nosso apoio. O homem que foi flagrado com os carros e o cliente da equipadora deverão ser encaminhados para a penitenciária Padrão, em Campina Grande. Essa ação também contou com o apoio de policiais da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil paraibana”, disse Lamartine Lacerda.

Proxima Anterior Inicio