EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Prefeito Romero presta contas da gestão na reabertura dos trabalhos na Câmara

A abertura dos trabalhos legislativos de 2016 da Câmara Municipal de Campina Grande contou na manhã desta segunda-feira, 15, com a presença do prefeito Romero Rodrigues.

Todos os secretários municipais acompanharam o prefeito, que fez um balanço dos seus três anos iniciais de gestão, além de relatar as ações em fase de execução por parte do governo municipal.

O prefeito campinense destacou a honra de poder participar, como tradicionalmente faz todos os anos, da sessão inaugural do Poder Legislativo de Campina Grande, reconhecendo o trabalho dos vereadores, verdadeiros parceiros na aprovação de projetos e outras iniciativas que vem tornando possível o desenvolvimento local.

Fazendo uso de imagens das suas principais obras, o prefeito mostrou ao publico que lotou a Câmara Municipal um grande conjunto de realizações em todas as áreas administrativas, tais como saúde, educação, agricultura, desenvolvimento econômico e muitos outros campos de atuação. Segundo ele, todo este esforço tem um como coluna o plano estratégico de desenvolvimento, que será preparado para direcionar o desenvolvimento local pelos próximos 20 anos.

Entre as ações de maior relevo, destacou o Complexo Habitacional Aluízio Campos, com suas mais de 4.100 casas, num investimento de R$ 300 milhões, dos quais a contrapartida do governo municipal é de R$ 23 milhões. Conforme relatou, será a mais importante obra administrativa da histórica de Campina Grande.

Na saúde, lembrou a municipalização do Hospital Pedro I, além da ampliação do Hospital da Criança e do Isea, além da política de apoio às crianças vítimas de microcefalia. Já no campo da educação, destacou a construção ou reforma de escolas e creches, sem esquecer de programas como o Probem, que dá acesso ao ensino superior particular por parte dos servidores egressos de escolas públicas.

Romero ainda fez referências a muitas ações no campo da mobilidade urbana, ressaltando a conclusão da duplicação da Avenida Argemiro de Figueiredo, as obras em execução da Alça Leste, além da pavimentação de mais de 250 ruas em bairros como Conceição, Prata, Malvinas, Liberdade e muitos outros, sem esquecer a iniciativa de calçar mais 28 ruas no Distrito de São José da Mata.

Ao final do seu pronunciamento, relatou o seu esforço em destravar projetos como o Canal de Bodocongó e muitas outras obras. Garantiu, ainda, que Campina Grande ganhará o Parque da Liberdade e a cidade vai prosseguir na sua marcha em relação à construção de casas populares para quem mais precisa. Anunciou, por fim, investimentos na área turística, com mudanças na ornamentação e iluminação do Maior São João do Mundo.

Após o seu discurso, o prefeito seguiu viagem a Brasília, onde, já na tarde desta segunda-feira, cumpre extensa agenda administrativa para conquistar recursos e firmar novas parcerias com o governo federal, pois desta forma poderá superar a crise que assola o país, cujos reflexos afetam, sobretudo, os governos municipais.

Presidente da Câmara reconhece trabalho – Antes do pronunciamento do prefeito, o presidente da Câmara Municipal, vereador Pimentel Filho, fez discurso reconhecendo o trabalho do prefeito Romero Rodrigues. Ele agradeceu às parcerias que viabilizaram melhorias para a casa legislativa, a exemplo da instalação de um elevador destinado a idosos e deficientes. O elevador foi inaugurado na manhã desta segunda-feira em ato que contou com a presença do prefeito Romero Rodrigues.

“Quero deixar registrado o respeito e as parcerias sólidas entre a Câmara e a Prefeitura. Estamos fazendo o que o povo espera, que é chegar no município e na casa de cada um os serviços públicos, o que é um direito constitucional. Assim, acreditamos no prefeito Romero Rodrigues, que com apoio dessa Casa, irá continuar realizando ações positivas, mesmo com todas as dificuldades impostas aos gestores municipais pelo governo federal, nessa crise que entristece a todos nós”, disse o vereador.

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, ao fazer uma prestação de contas do triênio de sua administração, nesta segunda-feira, 15, por ocasião da reabertura dos trabalhos da Câmara Municipal, ressaltou a relação harmoniosas entre os dois Poderes e revelou estar construindo uma cidade com dignidade e um futuro com esperança.

Ao cumprir a função constitucional de prestar conta de sua administração, Romero depois de saudar a Mesa Diretora e os demais vereadores e historiar suas realizações, garantiu que, com fé em Deus”,   Campina ainda crescerá muito mais, sem abrir mão de um desenvolvimento com justiça social.

Na oportunidade, o prefeito renovou votos de pleno êxito aos membros Câmara Municipal, nas  atividades individuais e coletivas ao mesmo tempo em que agradeceu pela relação harmônica entre os Poderes.

“Venho, novamente, como fiz nos três primeiros anos, à inauguração deste novo ano legislativo, trazendo o testemunho das boas relações e do respeito a casa e aos seus integrantes. Venho sim, prestar contas de uma Campina que está se desenvolvendo, melhorando e pronta para crescer ainda mais, acentuou.

 “Quanto ao futuro”, continuou, “estamos trabalhando para construí-lo com as mesmas bases sólidas que marcaram a sua trajetória desde o período do algodão, da chegada da linha férrea, da implantação do nosso pólo Educacional e Tecnológico.

Em seu discurso, ao historiar as realizações da administração, Romero referiu-se ao complexo Aluísio Campos, que já se constitui hoje no maior investimento de todos os tempos na economia Municipal, impactando positivamente em toda Região. São 800 hectares adquiridos pela administração Municipal com recursos exclusivamente próprios e se constitui indubitavelmente na maior área de expansão urbana de Campina Grande.

O Complexo Aluísio Campos está subdividido em: Comercial, Industrial, espaço para uma Tecnópolis, Parque Botânico e Setor Habitacional. Neste último estamos em parceria com o Governo Federal construindo o maior conjunto habitacional na atualidade em todo Brasil, aliás é a maior obra pública contratada em toda história administrativa de Campina: 4.100 casas, com toda infra-estrutura de pavimentação e equipamentos Sociais possuindo áreas comerciais e de preservação, totalizando um investimento de R$ 300.000.000,00 (Trezentos Milhões de Reais), e que além da área de 100 hectares, temos ainda, uma contrapartida da Prefeitura de mais R$ 23.000.000,00 (Vinte e Três Milhões de Reais).

Nos setores comercial e industrial o prefeito destacou que está  finalizando processos administrativos para implantação de centenas de novas empresas, “e apesar das perspectivas negativas da economia nacional, estamos crescendo de forma sustentável”.

Ao abordar a  conjuntura nacional, Romero enfatizou que  os anunciados ajustes fiscais que não aconteceram e os cortes no orçamento, permite antever que não haverá folga orçamentária. “Pelo contrário, temos obrigação redobrada de administrar e de poupar centavo a centavo de recursos ainda muito escassos para atender as exigências e necessidades elementares e de serviços essenciais à população”.

“Por isso”, continuou, “temos a obrigação de agirmos com transparência, respeito e ética na correta aplicação dos recursos cuja origem pertencem a população.   Somos conhecedores dos grandes desafios e reconhecemos que há muito o que fazer e avançar, mas, Graças a Deus, há também muito o que comemorar”.

Romero destacou, entre as realizações e planejamento, o Plano Municipal de Mobilidade Urbana, que conquistou destaque e reconhecimento nacional, a duplicação da Argemiro de Figueiredo e construção dos seus dois viadutos com suas vias laterais.

“Estamos rasgando terra e desbravando uma nova área para dar passagem à Alça Leste, com 10 km de extensão, que interligará a BR 230 até a Av. Santo Antonio, encurtando a distância de Campina para o Brejo e criando novos e preciosos espaços para expansão de nossa Fronteira Urbana. Para uma cidade que, nos últimos quinze anos não abrira uma nova avenida sequer, Campina trabalha para recuperar o tempo perdido”, enfatizou.

Ele lembrou que para atender à necessidade de crescimento, a administração está investindo fortemente em  infraestrutura viária, preparando Campina para o futuro. Já foi concluída a pavimentação de mais de 250 ruas, nos bairros do Cruzeiro, Rosa Cruz, Novo Horizonte, Três Irmãs, Jardim Vitória, Palmeira, Catolé, Jardim Paulistano, Malvinas, Ramadinha, Monte Castelo, José Pinheiro, Vila Cabral de Santa Terezinha, Galante, Alto Branco, Conceição, Prata, Liberdade. E iniciando mais uma etapa que contemplará São José da Mata, Novo Cruzeiro, Cruzeiro, Malvinas, Jardim Quarenta e Jardim Continental, Catolé do Zé Ferreira, Mutirão e prevendo a Catingueira.

“Realizamos ainda o acesso do Bairro das Cidades, o recapeamento da Av. Portugal em Bodocongó (com implantação de 5 km de Iluminação), a pavimentação do Pólo Jurídico com novo sistema de Iluminação e abertura para a Rua Prudente de Morais, que mudou a face daquela área e estamos realizando a abertura da Rua João Suassuna até o hospital da FAP, precisando retomar ação, embora já construímos duas casas e deslocamos as famílias para dá sequência a obra. Além do importante alargamento com nova pavimentação da Avenida Canal. Campina tem pressa”, exultou.

O prefeito revelou em seu discurso na Câmara que na saúde a compra e municipalização do Hospital Pedro I, representou um ganho substancial que possibilitou a realização de mais de 225 mil procedimentos de 2013 a 2015 com realização de cirurgias eletivas e diagnósticos através de um centro de imagens. E ainda nos permitiu implantar um ambulatório com equipe multi-profissional para apoio e acompanhamento das Mães e bebês com Microcefalia, em programa totalmente custeado com recursos próprios da Prefeitura.

“ Essa ação de apoio e solidariedade aos filhos de Campina e de toda Região, obteve destaque nacional.  Destacamos nesse momento a ampliação do Hospital com o Pedro I especialidades e implantação de 22 leitos para atendimento na área de geriatria”, acrescentou.

“Municipalizamos ainda”, continuou Romero,  o Hospital Dr. Edgley, que estava na eminência de fechamento, implantamos leitos para tratamento de saúde mental, às primeiras em hospital público, compramos novas máquinas para tratamento de Hemodiálise, sendo o primeiro serviço da rede municipal. Campina reduziu com certeza a dor e as provações de sofridos renais crônicos. Ampliamos e qualificamos a UPA, igualmente fizemos no Hospital da Criança que agora está ganhando mais 25 leitos para internação”.

Revelou que no  ISEA foram implantados 39 novos leitos, a UTI Materna e encontra-se em construção a casa da Gestante, uma área para realização de Partos Humanizados, toda nova ambiência (recepção) e uma nova UTI Neonatal, com investimento que somam mais de 3.000.000,00(Três Milhões de Reais).

“Construímos a Policlínica das Malvinas, já em funcionamento e estamos finalizando uma nova Policlínica na Zona Leste. Investimos na recuperação de unidades de saúde e na construção de novas estruturas. Implantamos 16 equipes de saúde da família que passaram de 88 para 104 e ainda, ampliamos o número de equipes de Saúde bucal de 40 para 54. Construímos também o Centro de Recuperação da Saúde do Trabalhador (CERAST), sendo o primeiro do Brasil”, acentuou, que revelou outros sobre os números positivos da Saúde em Campina:

“Em dados comparativos com informação oficial do Ministério da Saúde através do DATASUS para tratamento de Oncologia entre os anos de 2013-2015 foram realizados 232.441 procedimentos, ou seja, 76.924 a mais que 2010-2012. Em relação a exames laboratoriais 2013-2015, foram realizados 4.849.534 procedimentos, 1 milhão e 600 mil a mais que 2010-2012. Conseguimos, portanto, mais de 15 milhões de procedimentos de saúde realizado nos anos de 2013, 2014 e 2015. Este número representa que superamos os anos de 2010, 2011 e 2012 em mais de 2 milhões e 800 mil atendimentos. Repito todas essas informações constam no sistema DATASUS do Ministério da Saúde”.

Na Educação, Romero lembrou que foi implantado o Piso Salarial do Magistério, com um impacto financeiro mensal em mais de 1.000.000,00(Um milhão de Reais). “Estamos gradativamente implantando os níveis e ainda reformando a rede escolar com aquisição de móveis, construção de novas quadras, creches e escolas”, acentuou.

Romero garantiu que em Campina toda criança tem vaga na escola pública, com livro, fardamento e transporte escolar, inclusive na Zona Rural, além do passe livre nos ônibus urbanos, instituído para todos alunos da rede municipal.

Romero registrou sua  alegria por já ter implantado o ensino integral a 2/3 da rede municipal, com a pretensão de ampliar ainda mais, por ser uma iniciativa que contribui para que a Educação dê saltos de qualidade cada vez mais expressivos.

“Graças a Deus os primeiros resultados já são perceptíveis, Campina melhorou todas as suas notas no IDEB, e vamos continuar avançando, inclusive por mudanças extra-classe que estamos implantando. Com envolvimento de todos os dirigentes, técnicos da Educação e apoio deste Legislativo, construímos o Novo Currículo para nossas escolas. Registro também com muita alegria a distribuição de tabletes com Professores que foram capacitados e alunos do 5º ao 9º ano, cumprindo uma etapa indispensável para melhoria do desempenho escolar dos nossos alunos”, revelou.

O prefeito destacou ainda, “de forma muito especial”,  o programa inédito implantado pela Prefeitura que está possibilitando a oferta de bolsas de ensino superior para alunos egressos da rede pública municipal,  o PROBEM, que no ano passado permitiu o acesso de 67 alunos a um curso superior e este ano foram abertas novas vagas.

O prefeito lembrou que em sua administração a Zona Rural foi reinserida no mapa administrativo da cidade e ganhou uma grande Patrulha mecânica que se amplia a cada ano e atua exclusivamente nos distritos, (Galante, São José da Mata, Catolé de Boa Vista e Marinho) e toda zona Rural de Campina Grande. Atuando na recuperação de estradas, limpeza e construção de novos açudes, corte de terras, beneficiando assim, ao agricultor que recebe ainda sementes e apoio de um programa de inseminação Artificial. Agora recentemente ganhou uma Perfuratriz, adquirida para ajudar no combate aos efeitos da Seca e permitir uma convivência mais saudável.

Na área ambiental, Romero  destacou a aquisição de 18 hectares no Sitio Lozeiro para implantação de um parque Botânico e outros 53 hectares no Aluísio Campos também destinados a essa finalidade, o Programa Minha Árvore já possibilitou o plantio de mais de 10 mil mudas e conta hoje com uma frota de veículos de apoio, para irrigação e poda das árvores. Construímos também um viveiro de mudas que já conta atualmente com mais de 25 mil novas plantas.

“O que depende dos outros, reivindicamos dia a dia, o que depende de nós fazemos dia e noite. Por isto tenho confiança em Deus de que, ainda este ano entregaremos a Cidade um novo Parque, implantado na área do antigo Hospital Dr. João Ribeiro, adquirido pela Prefeitura para construção deste novo espaço de lazer e de um Centro de iniciação ao Esporte. Estamos concluindo a Urbanização da Feirinha do Catolé, com drenagem, esgotamento sanitário e pavimentação de todas as ruas, além da construção de mini-parque, mudando definitivamente para melhorar o traçado urbano daquela Região”, disse.

“E ainda, multiplicando esforços para dar uma nova dimensão a programas que já possuem espaço próprio no cotidiano dos Campinenses, como o Mexe campina, e para isso já construímos mais de 20 novas praças com academia, quiosque e iluminação, estamos concluindo a urbanização do campo do Guarani com recursos próprios e praça da cultura nas Malvinas, além de novo sistema de iluminação. E este ano prevendo a construção de mais dez novas praças, após a conclusão da urbanização da feirinha do Jeremias, da Praça do Pedregal e do distrito de Galante”. E continuou:

“Já entregamos mais de 2560 moradias e desapropriamos uma área nos bairros do Jardim Europa, Jardim América, Nova Brasília e Belo monte, que permitiu a permanência de mais de 500 casas edificadas em área, até então proibida para construção, todas foram vítimas de processos de demolição na justiça, o que se resolveu com essa importante ação da prefeitura. Nossa meta é reduzia cada vez o déficit habitacional de nossa cidade, mas também de transferência gradativa e humanizada de moradores de área de risco. Como exemplo o que fizemos com muitas famílias da favela do papelão, com dialogo e entendimento”.

Ressaltou ainda que o programa capacitar ofereceu cursos profissionalizantes, envolvendo os clubes de mães e associações da cidade, também em uma ação pioneira, tais ações e programas explicitam a marca que dos esforços para imprimir a toda administração, esta é uma administração de muito, muito trabalho, de proximidade com as pessoas, que mais precisam, de respeito ao contraditório, mas com suas prioridades na solidariedade, na promoção e assistência aos mais necessitados.

Ele revelou que em 2015 o maior São João do Mundo ganhou uma visibilidade toda especial e conseguiu destaque na mídia local e nacional, onde foi priorizada a valorização da cultura regional. Este ano teremos novidades na ornamentação.

“Essa vocação para atender os mais humildes é um dos focos principais da nossa administração, ao lado da busca permanente para tornar a cidade mais competitiva através da educação da inovação de práticas gerenciais e administrativas, da inclusão social, de infraestrutura urbana e de serviços à altura do desenvolvimento sustentável que pretendemos. Para isso a Prefeitura em parceria com a FIEP, Associação Comercial, CDL, Governo Federal e classe Empresarial, estão preparando o Planejamento Estratégico, como modelos administrativos, para os próximos 20 anos”.

Ele disse saber dos   inúmeros obstáculos a superar, compreende quais serão  os desafios na longa caminhada:

“É uma grande maratona. Mas a história já provou que toda caminhada, por mais duradoura que seja, por mais longa que imaginamos, começa sempre com um primeiro passo. O futuro, quem sabe, talvez nem nos permita concluir todos os passos que imaginamos. Mas o presente nos obriga, exige, nos impõe dar imediatamente, os primeiros e marcantes passos, exemplificado pela aquisição do Hospital Dr. João Ribeiro, do Hospital Pedro I, do Sitio Lozeiro, de dezenas de maquinas e equipamentos, da compra de áreas para permitir a construção da alça leste, e da majestosa compra dos 800 hectares no Aluísio Campos que possibilitou a construção do maior conjunto habitacional do Brasil. Por isso não faltaremos a nossa obrigação e seguiremos em frente”.

O prefeito, com sua humildade que lhe é peculiar, destacou que mais uma vez encontra-se de coração aberto e mãos estendidas, para todos aqueles que desejarem ajudar a cidade.

“ Assumo o compromisso de buscar cada vez mais parcerias com todos aqueles que estiverem dispostos a contribuir com Campina. Com todas as instancias de Governo, com ONGs, empresários, com Igrejas e movimentos sociais. Trabalharemos de forma muito especial para consolidar parcerias com o Governo Federal, sem as quais o que é difícil se tornará impossível”, acentuou, convocando os vereadores a uma parceria pela cidade:

“Espero, com muita confiança, e venho perante esta Casa de Leis mais uma vez pedir com humildade, o apoio desta Câmara de Vereadores e individualmente de cada um dos Senhores, para que Campina possa cumprir sua função primordial de prestadora de Serviços e indutora de desenvolvimento, com criação de mais empregos e fortalecimento da economia, com geração de renda, democratização das oportunidades e uma crescente inclusão social de todos os campinenses”.

Ao concluir seu discurso, Romero recorreu à tradição de Campina ante os obstáculos ao longo de sua história:

“Ao longo de sua história, Campina Grande tem superado seus desafios e, com as Bênçãos de Deus, mais uma vez vencerá suas dificuldades. Com união e colaboração de todos, com muito trabalho, com fé, com convicção e confiança, será sim possível, crescer, será viável se desenvolver ainda muito mais. Será possível construir um presente com dignidade, um futuro com esperança e um desenvolvimento com justiça social. Com Fé em Deus, Campina Grande vai crescer ainda muito mais.

Que Deus nos abençoe e nos fortaleça nessa importante missão. Muito obrigado!”

FONTE: Da Redação com Codecom/CG

Proxima Anterior Inicio