EM DESTAQUE

Inep divulga hoje gabaritos da segunda aplicação do Enem

Os candidatos que fizeram a segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no último fim de semana, dias 3 e 4, terão acesso ...

Rádio Online

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

PT ameaça se afastar de Dilma Rousseff, diz colunista

O Partido dos Trabalhadores (PT) tem deixado evidente que não tolera a presidente Dilma Rousseff. Segundo o colunista Vinicius Torres Freire, da Folha de S. Paulo, a divergência ficou ainda mais explícita no reinício do ano político.Freire destaca que, nesta semana, o partido ficou enfurecido com a mudança na lei do pré-sal e planeja lançar um programa econômico de oposição.

A situação pode causar a desmoralização do PT, caso o partido aceite as críticas, ou em resultar em derrotas cruciais do governo no Congresso, já que sem o PT dificilmente passarão as reformas que Dilma venha e propor.

O partido não tem alternativa “a não ser permanecer no governo e fazer um jogo de esquerda “para a galera””, refere a coluna.

Segundo a publicação, o PT do Rio, onde aconteceu nesta sexta (26) e sábado (27) uma reunião do partido, praticamente declarou Dilma Rousseff “persona non grata”.

Rui Falcão, presidente do PT, divulgou uma nota na qual qualifica a mudança no pré-sal de “retrocesso”. “O PT marchará ao lado das demais forças progressistas, dos movimentos populares e sindicais contra este ataque à soberania nacional e ao nosso desenvolvimento independente”, completa o petista.

O colunista destaca ainda que o motivo maior do atrito é a promessa de reforma da política econômica, que inclui uma vaga reforma da Previdência e um teto para o gasto público, medida que pode redundar em contenção do reajuste do salário mínimo e das aposentadorias.

Mesmo que ainda seja vaga a intenção, a reforma será detonada nesta sexta (26) por um plano alternativo do PT, ou seja, um programa econômico de oposição ao governo da presidente petista.



Fonte: Reuters

Créditos: Reuters
Proxima Anterior Inicio