EM DESTAQUE

Conselheiro do TCE elogia processo de transição em Juazeirinho

O prefeito Jonilton Fernandes esteve em João Pessoa essa semana em reunião com o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado - TCE - Dout...

Rádio Online

quinta-feira, 3 de março de 2016

Após acordo, greve de fome de alunos da UFPB chega ao fim

Chegou ao fim na manhã desta quinta-feira (3) a greve de fome realizada por quatro estudantes em frente ao prédio da reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa . Os jovens reivindicavam melhorias na assistência estudantil por parte da reitoria da instituição. Após 10 dias de greve de fome, a manifestação terminou após uma acordo entre os universitários e a reitora Margareth Diniz.  Os estudantes foram levados para o Hospital Santa Isabel, onde devem permanecer recebendo atendimento médico.

Em uma reunião intermediada pelo Ministério Público Federal (MPF) entre os estudantes e a reitora da UFPB, Margareth Diniz, iniciada na noite de quarta-feira (2) e terminada no início da manhã desta quinta, foram definidos os termos do acordo. Os itens foram lidos pelos alunos que ocupavam o local antes que eles decidissem desocupar o local. Uma auditoria vai ser feita para verificar se houve danos ao patrimônio durante o período de ocupação, que começou no dia 23 de fevereiro

Ações para reformular o esquema de segurança do campus e medidas emergenciais para contemplar estudantes com perfil de vulnerabilidade econômica nos benefícios do Restaurante e Moradia Universitários, são os principais itens acordados.



Entre as medidas imediatas, a reitora Margareth Diniz concordou em retirar toda a guarda armada do Restaurante Universitário (RU). Sobre o atendimento a novos alunos no RU, o MPF recomendou que a UFPB comece a partir de segunda-feira (7). A reitoria informou que não possui base de dados atualizada dos alunos beneficiados no RU, mas que vai revisar todos os processos dos que se enquadram no perfil e divulgar uma lista com novos contemplados.

Na questão da concessão da permissão para morar na Residência Universitária, a UFPB assumiu um prazo de 15 dias para contemplar todos os estudantes que estejam dentro do perfil do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes) e atendam o edital aberto no semestre 2015.1. - JP
Proxima Anterior Inicio