EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

quinta-feira, 3 de março de 2016

Cartaxo lamenta baixo nível na Câmara de JP e diz que está vacinado contra críticas da oposição

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), negou a intenção da prefeitura de destruir o campo da Marquise, no bairro do Valentina Figueiredo, para construir um terminal de integração, conforme denunciou o líder oposicionista, vereador Renato Martins (PSB).

“Não vamos acabar o campo de futebol da Marquise, que já tem décadas ali. Para fazer o que lá? A prefeitura não tem recurso disponível para fazer nenhuma intervenção. Não há  planejamento nesse sentido”, esclareceu Luciano Cartaxo.

O prefeito disse que está “vacinado” contra críticas da oposição. “O vereador encheu três ônibus de pessoas, levou para a Câmara e começou o debate partindo para a agressão. A população está atenta, pois o período eleitoral está chegando. Eu quero dizer que estou vacinado e determinado para continuar o meu trabalho”.

Ele criticou o comportamento da bancada.  “Está chegando a campanha. Então, lamentavelmente a bancada oposicionista tem feito um mandato na base da acusação. As divergências são importantes. Mas toda semana estão fazendo um barulho que está virando baderna e perdendo a credibilidade”, afirmou.

Para Cartaxo, a decisão do presidente da Câmara Durval Ferreira (PP) de encerrar a sessão de ontem foi necessária. “Durval chamou o feito à ordem, como presidente da Casa, para que as coisas tenham certo grau de civilidade. Temos uma bancada numerosa, mas os parlamentares não querem passar o dia todo recebendo acusações levianas”.




Proxima Anterior Inicio