EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

sábado, 19 de março de 2016

Deputado João Henrique reclama de papel pequeno do DEM frente as eleições municipais

O deputado estadual licenciado João Henrique (DEM), vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, não esconde as insatisfações com o partido e já adotou uma postura dissidente ao optar por compor a bancada de oposição ao Governo do Estado na Casa Epitácio Pessoa. Ele reclama da postura coadjuvante que o partido tem adotadas nas últimas eleições estaduais e municipais.

Para ele, o DEM perde muito ao se manter na retaguarda ao apenas apoiar as candidaturas lançadas pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), como aconteceu em 2012 quando o partido se aliou ao PSB e colocou Efraim Filho como candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Estela Bezerra; em 2014 ao apoiar a reeleição de Ricardo Coutinho; e como vai ocorrer este ano, em que o presidente estadual na Paraíba, Efraim Morais, já confirmou adesão a pré-candidatura de João Azedo (PSB).

O deputado defende que o melhor para fortalecer a legenda seria lançar candidatura própria a prefeito, mas ele sabe que é voto vencido.

Mesmo com as divergências, o deputado afirmou que tem prazo e, por isso , não vai deixar o DEM nessa sexta-feira (18), quando termina o prazo da janela partidária para que parlamentares com mandatos troquem de legenda sem correr o risco de perder o cargo por infidelidade partidária.

Ele ressaltou ainda que tentará se manter no partido e espera que novas posturas sejam adotadas em relação as próximas as eleições para que o DEM não diminuía e nem perca sua representatividade no estado.
Proxima Anterior Inicio