EM DESTAQUE

Conselheiro do TCE elogia processo de transição em Juazeirinho

O prefeito Jonilton Fernandes esteve em João Pessoa essa semana em reunião com o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado - TCE - Dout...

Rádio Online

quinta-feira, 10 de março de 2016

Em discurso, vereador diz que mulheres estão ‘se achando’ e foram a ‘desgraça do homem’

Um vereador de Capão da Canoa, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, causou polêmica com um discurso no Dia Internacional da Mulher, celebrado na terça-feira (8). Um dia antes, na segunda-feira (7), Dilceu Medeiros Lopes (PDT) falou sobre a data durante uma sessão ordinária da Câmara Municipal.

Dilceu, que também é médico, foi procurado pela reportagem do G1. A assessoria do gabinete informou que ainda não tem um posicionamento.

Em um momento do discurso, o parlamentar afirma que as mulheres “estão se achando”. Ainda disse que o sexo feminino foi a “desgraça do homem” e que a mulher, “não satisfeita disso, carregou a desgraça para o mundo todo”. Na sequência, ao abordar a passagem bíblica de Adão e Eva, ele diz que Eva “fez todo aquele estrago ainda e veio dar uma de pose de rainha e dizer que não tinha feito nada. E vem cheia de glória aqui dizendo que tem todos os maiores direitos.”

Dilceu finaliza, entretanto, parabenizando as mulheres pela data: “Dessa forma, de uma forma bem elegante, parabenizar pelo Dia Internacional da Mulher, que foi uma conquista de uma época bem difícil, todos nós sabemos. E merecidamente.”

A fala do vereador foi divulgada em uma página no Facebook. A postagem chama a atenção para um “discurso machista em “homenagem” ao dia da mulher na Câmara de Capão da Canoa” e diz que “Com frases como ”estão se achando” e ”querem ser igual ao homem”, o vereador causou um grande constrangimento no local.

Moradores do município litorâneo registraram nos comentários opiniões contrárias ao discurso. Uma delas diz “Vergonha alheia, o Ministério Público precisa tomar uma providência com relação a ofensas proferidas às mulheres… A tribuna da Câmara de Vereadores não é o púlpito de uma igreja e nem uma mesa de bar.”

G1
Proxima Anterior Inicio