Notícia da hora

quarta-feira, 16 de março de 2016

Em Serra Branca sessão da câmara é suspensa por não atingir quantidade mínima de vereadores

Enquanto a cidade de Serra Branca patina em problemas e falta de gestão, o que causa certa revolta na população é a inércia do Poder Legislativo. A Câmara Municipal, que só se reúne uma vez por semana, mais uma vez ficou sem quórum e o que restou foi mais briga entre situação e oposição.

Isso porque os trabalhos legislativos estão marcados para às 17:30 e mesmo com 15 minutos de tolerância na última sexta-feira (11) não havia parlamentares suficientes para realizar a sessão.

O vereador Paulo Sérgio Araújo havia apresentado atestado médico; enquanto Carlos Kléber e Heydrich Dias faltaram realmente à sessão. Já os vereadores Diógenes Sales e Flávio Torreão chegaram próximo das 18:00h e se depararam com o plenário vazio, momento que começou o bate boca.

O vereador Flávio Torreão reclamou do presidente por ter suspendido os trabalhos e em seguida acusou Renan Mamed, que se encontrava na secretaria da Casa, de que se tratava de uma manobra para tornar um fato noticios

O vereador Renan retrucou a acusação do colega e disse que não aceitava ser culpado pelas falhas dos outros, sugerindo inclusive a Flávio que assumisse sua condição de vereador e agisse com mais responsabilidade.

Serra Branca FM
Share:

Curta Prefeitura de Assunção

Dicas de Saúde

O Brasil é destaque aqui