EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

sexta-feira, 4 de março de 2016

Ex presidente Lula foi levado a força pela PF e agora está depondo, ele é acusado de lavagem de dinheiro

(dp)-A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira (4) mandado de condução coercitiva do ex-presidente Lula e outros 43 mandados nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, na 24ª fase da Operação Lava Jato. Mais de 200 agentes e 33 auditores da Receita Federal foram mobilizados neste operação, e um grupo deles cumpre mandados de busca no apartamento do ex-presidente em São Bernardo do Campo.

Entre os crimes investigados nesta etapa estão corrupção e lavagem de dinheiro, entre outros praticados por diversas pessoas no contexto de esquema criminoso revelado e relacionado à Petrobras.

Também são cumpridos mandados no Instituto Lula e no apartamento onde mora Fabio Luiz Lula da Silva, o controvertido "Lulinha", filho do ex-presidente. Paulo Okamoto, presidente do Instituto Lula e tesoureiro informal de Lula há anos, também foi conduzido a depor na PF por agentes federais.

A ação policial em desenvolvimento foi batizada de “Aletheia”, referência a expressão grega que significa “busca da verdade”. Às 6h50, policiais estavam em frente ao Instituto Lula, em São Paulo. São 33 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva, quando a pessoa é conduzida sob vara para prestar depoimento na polícia.

A operação foi deflagrada com base em investigações sobre a compra e reforma de um sítio em Atibaia frequentado pelo petista, o fato de sua mudança ter sido transportada para o local e a relação desses episódios com empreiteiras investigadas na Lava Jato, além da relação dele com um tríplex no Guarujá reformado pela OAS.

A Operação Lava Jato, que começou em março de 2014 e investiga um esquema bilionário de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, chegou na 24ª fase nesta sexta-feira (4). Segundo a PF, a operação ocorre na casa do ex-presidente Luiz Inácio da Silva, em São Bernardo do Campo, e em outros pontos em São Paulo, no Rio de Janeiro e na Bahia.

Proxima Anterior Inicio