EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

terça-feira, 1 de março de 2016

Ídolo do Sport e campeão paraibano pelo Treze, ex-atacante morre no Recife

Terceiro maior artilheiro e ídolo do Sport, e campeão paraibano com o Treze em 2006, o ex-jogador Leonardo, 41 anos, morreu na tarde desta terça-feira (1º), no Recife, depois de perder a batalha contra a neurocisticercose, doença provocada pelo ingestão de alimentos mal preparados que ataca o sistema neurológico.

A informação foi confirmada às 15h15 através de boletim médico do Hospital da Restauração, na capital pernambucana, onde ele estava internado desde o dia 3 de fevereiro.

De acordo com a chefe da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Fátima Buarque, o ex-atleta teve falência múltipla dos órgãos.



Foto: Divulgação / Sport

Leonardo era o terceiro maior artilheiro da história do Leão da Ilha, com 133 gols em 367 partidas. Ele jogou com a camisa rubro-negra em três passagens (1994, 1997 – 2001 e 2004) e foi campeão pernambucano em 94, 97, 98, 99 e 2000, além de conquistar duas Copas do Nordeste, em 94 e 2000.

Para muitos, foi o maior jogador da história leonina nos últimos 30 anos.

Pelo Galo da Borborema, Leonardo atuou em algumas partidas do Paraibano de 2006, quando o Alvinegro sagrou-se bicampeão comandado por Maurício Simões.

Atualmente ele trabalhava nas categorias de base do Sport.

No início do mês passado ele deu entrada com convulsões e queixas neurológicas. Após exames, os médicos constataram a neurocisticercose. O ex-jogador iniciou tratamento, mas não conseguiu superar a doença.

paraibaonline
Proxima Anterior Inicio