EM DESTAQUE

Conselheiro do TCE elogia processo de transição em Juazeirinho

O prefeito Jonilton Fernandes esteve em João Pessoa essa semana em reunião com o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado - TCE - Dout...

Rádio Online

sábado, 5 de março de 2016

Lula vai viajar pelo país clamando apoio do povo para tentar se livrar da justiça

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores organiza uma recepção ao ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, que anunciou uma série de visitas a grandes cidades do país começando por Curitiba. A data ainda não foi divulgada. O anúncio foi feito pelo presidente do PT do Paraná Ênio Verri. A capital paranaense teria sido escolhida por ser o centro da Operação Lava Jato.

Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (4) à tarde, representantes do partido convocaram a militância a apoiar o ex-presidente. Hoje, uma plenária popular, organizada pela Central Única dos Trabalhadores, na sede da APP-Sindicato, às 19h, reúne representantes de sindicatos e movimentos sociais para organizar atos para os próximos dias. O movimento faz parte de uma vigília permanente em várias cidades do país, convocada pela CUT.

Durante a reunião de hoje à tarde, o deputado estadual Tadeu Veneri citou como principal revolta dos membros do partido contra a Operação Lava Jato a maneira considerada vexatória de exposição do ex-presidente Lula.

Sobre o relacionamento de Lula com empreiteiras e investigados na Lava Jato, Veneri defendeu medidas tomadas pelo PT contra a política tradicional. Ele citou o apoio do partido ao fim do financiamento privado de campanha.

O presidente do PT em Curitiba, Natalino Bastos, defendeu união dos militantes e defensores do governo. Ele afirma que o partido vai convocar manifestações nos próximos dias.

Por enquanto, a única manifestação marcada em defesa de Lula e do governo Dilma Rousseff é a do dia 31 de março. A data já estava marcada antes da condução coercitiva do ex-presidente Lula. O ato aproveita a data em que ocorreu o golpe militar em 1964.

A manifestação em várias cidades é organizada pela Frente Brasil Popular, que tem o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e entidades sindicais como a CUT. Mas também conta com a Frente Povo Sem Medo, que tem outros grupos menos ligados ao governo, como o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e a Intersindical ­ Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora, ligada ao Psol.



Outras datas de manifestações de apoio a Lula, que circulam no Whatsapp, não foram confirmadas por movimentos organizados. São de iniciativa independente.

Fonte: BandNews
Proxima Anterior Inicio