EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

quarta-feira, 16 de março de 2016

Mais de 150,6 mil pessoas sofreram tentativas de golpe em janeiro; veja como evitar

PC-Apenas no mês de janeiro deste ano mais de 150,6 mil tentativas de fraude, conhecida como roubo de identidade, foram registrados pelo Serasa Experian. No golpe, os bandidos conseguem informações pessoais e documentos das vítimas para promover golpes como falsidade ideológica ou obter crédito para não honrar os pagamentos. Abaixo, o Portal Correio mostra como se prevenir para não cair em golpes.

Segundo o Serasa, a quantidade registrada de tentativas de fraude equivale a uma tentativa a cada 17,8 segundos, em todo o Brasil. 

Ainda segundo o Serasa, o setor de telefonia foi o que mais registrou tentativas de fraude, com 64,2 mil. Em seguida, estão os setores de serviços, com 47,2 mil; bancário, com 26,3 mil tentativas.

A principal fonte para que os bandidos consigam dados das vítimas, de acordo com o Serasa, é a internet. Na rede, as vítimas costumam realizar cadastros em promoções e não verificam a seguranças dos sites.

De posse dos dados das vítimas, os bandidos costumam solicitar cartões de crédito; abrir contas em bancos; conseguir financiamentos; comprar celulares; e comprar automóveis.

Veja abaixo dicas de como evitar os golpes

Para o Serasa, os consumidores devem tomar cuidados essenciais para não caírem em golpes. Uma das dicas é de não fornecer dados pessoais a estranhos ou confirmar número de documentos por telefone. 

Os consumidores também devem ter cuidado na entrega de cartões de crédito ou bancários a lojistas que não tenham a sua confiança. No preenchimento de cupons de promoção deve ser evitada a colocação de números de documentos, evitando assim um possível golpe.

Sites que anunciam ofertas de emprego ou promoções também devem ser evitados, segundo o Serasa. Neles, as vítimas são solicitadas a informar numeração de documentos.

A manutenção de um antivírus atualizado também é, de acordo com o Serasa, uma das principais formas de prevenir a chance de golpistas utilizar informações pessoais.
Proxima Anterior Inicio