EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

terça-feira, 22 de março de 2016

Número de homicídios na Paraíba aumenta 134% em 10 anos

JP-O número de homicídios na Paraíba aumentou 134% entre 2004 e 2014. No primeiro ano analisado, a quantidade registrada de crimes deste tipo em todo o Estado foi de 659, enquanto que em 2014 foi de 1.542. A informação foi divulgada nesta terça-feira (22) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), e faz parte do Atlas da Violência 2016.

Apesar do aumento, o total de homicídios caiu 0,5%, se forem considerados os anos de 2013 e 2014, os últimos analisados pelo Ipea. Em 2013, a quantidade de assassinatos foi de 1.550, enquanto que em 2014, foi de 1.542.

O Atlas da Violência 2016 posicionou, ainda, Cajazeiras como uma das 20 microrregiões com maior aumento na taxa de homicídios em dez anos. A cidade ocupa o 4º lugar no ranking, apresentando uma taxa de aumento de 771,23%, com uma taxa de homicídios de 14,1 por cada 100 mil habitantes. A primeira posição ficou com Senhor do Bonfim (BA), com um acréscimo de 1136,90% e uma taxa de homicídios de 18,2.

A pesquisa também mostrou que João Pessoa é uma das microrregiões mais violentas do país, levando em consideração o ano de 2014. A cidade, que na época, contava com uma população de 1.110.891 habitantes, está em 15º lugar no ranking, apresentando uma taxa de homicídios de 64,1 por cada 100 mil habitantes. A primeira posição ficou com a aglomeração urbana de São Luís (MA) com uma taxa de 84,9. 
Proxima Anterior Inicio