EM DESTAQUE

Conselheiro do TCE elogia processo de transição em Juazeirinho

O prefeito Jonilton Fernandes esteve em João Pessoa essa semana em reunião com o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado - TCE - Dout...

Rádio Online

segunda-feira, 7 de março de 2016

Oposição pedirá ao TSE anulação da eleição de Dilma, revela Cássio

PC-O líder da oposição no Senado Federal, Cássio Cunha Lima (PSDB), afirmou, em Brasília (DF), que só novas eleições devolvem à soberania popular, através do voto, uma saída para crise. Ele disse que o PSDB e outras legendas de oposição vão aditar os pedidos de impeachment e pedir que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anule o pleito do ano passado que, na visão das oposições, foi viciado pelo abuso de poder econômico. Veja vídeo abaixo.

Cássio defende as investigações da PF sobre a movimentação financeira do ex-presidente Lula. "É importante deixar claro que, numa democracia séria e numa república, ninguém está imune à uma investigação. Por mais respeito que se tenha a um ex-presidente da República, nem ele próprio está imune à investigação", afirmou.

O senador enfatizou que é hora de respeitar as instituições, cumprir a lei, não fazer préjulgamento, respeitar o devido processo legal, assegurar a ampla defesa, o contraditório e apoiar as investigações. "A oposição brasileira não vai tripudiar dessa situação e nem tampouco sapatear no governo. O momento é grave. Exige muita firmeza e responsabilidade para, o quanto antes, dentro da Constituição, possamos encontra uma saída que se agrava a cada dia", disse.

Cássio frisou ainda que existe um movimento que aparentemente é paradoxal. "Quanto mais frágil fica o governo, melhor reage a economia. É preciso entender portanto que há um desfecho dentro da Constituição, seja através do impeachment ou através de novas eleições, onde se aponta para a saída da crise que se aprofunda à cada dia no país", comentou. 


O líder das oposições no Senado disse que os partidos do bloco vão aditar o pedido os pedidos de impeachment com as revelações da delação do senador Delcídio. "Vamos pedir que a Justiça Eleitoral analise todas as informações, porque fica cada vez mais comprovado que as eleições foram viciadas pelo abuso de poder político e abuso do poder econômico. E as novas eleições, a partir de uma decisão do TSE, ao nosso entender, é a melhor saída para o país, porque devolve à soberania popular, através do voto, a saída para crise", sustentou. 

Acompanhe o trecho da entrevista coletiva do senador Cássio Cunha Lima no Portal:  


Proxima Anterior Inicio