EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

terça-feira, 1 de março de 2016

Passa para 63 o número de casos confirmados de microcefalia na Paraíba

JP-Subiu para 810 o número de notificações de casos suspeitos de microcefaria na Paraíba. De acordo com o boletim anterior, divulgado em 25 de fevereiro, o total era de 790. Cresceu também a quantidade de casos confirmados: agora são 63; antes eram 59. Segundo o boletim divulgado nesta terça-feira (1º) pelo Ministério da Saúde, 441 bebês continuam sendo investigados e outros 306 tiveram a condição descartada. No Brasil, estão sendo investigados 4.222 casos suspeitos.

O novo boletim aponta, também, que 1.046 notificações já foram descartadas e 641 confirmadas para microcefalia e outras alterações do sistema nervoso, sugestivos de infecção congênita. Ao todo, 5.909 casos suspeitos de microcefalia foram registrados em todo Brasil, até 27 de fevereiro.

A região Nordeste continua concentrando a maioria das notificações. Do total do Brasil, 81% está na região, sendo que Pernambuco continua com o maior número de casos que permanecem em investigação (1.672), seguido dos estados da Bahia (817), Paraíba (810), Rio Grande do Norte (383), Ceará (352), Rio de Janeiro (261), Alagoas (222), Sergipe (192) e Maranhão (192).



ORIENTAÇÃO – O Ministério da Saúde orienta as gestantes adotarem medidas que possam reduzir a presença do mosquito Aedes aegypti, com a eliminação de criadouros, e proteger-se da exposição de mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.
Proxima Anterior Inicio