EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

sábado, 19 de março de 2016

Prefeito de Juazeirinho diz que hospital vai interromper atividades e a culpa é de parte dos vereadores

O prefeito de Juazeirinho Jonilton Fernandes disse no início da tarde desse sábado (19), numa entrevista na rádio Independente do Cariri, que o hospital municipal vai interromper parcialmente as atividades a partir de segunda feira dia 21 de março. 

A razão, explicou o prefeito, é a não aprovação por parte da câmara municipal do PL 510, que trata sobre a estrutura administrativa do município. 

O prefeito explicou que por conta dessa queda de braços determinada pelo poder legislativo em direção ao poder executivo, a cidade está sem coordenadores, chefes de setores, diretores, entre outros cargos que incluem as direções do hospital municipal, na área clinica e de gestão.

Por essa razão a partir de segunda feira (21) a instituição de saúde só atenderá urgências e emergências, prejudicando centenas de famílias, pois "estamos a partir dessa data sem o diretor clínico". 

Jonilton Ferndades também informou que outros serviços também vão ser paralisados, a exemplo do trasporte escolar.

Ele recomendou que a população pressione a câmara de vereadores para votarem o PL e pediu "pelo amor de Deus", aos vereadores que são contrários a matéria, que tenham sentimento de humanidade para com a população de Juazeirinho. 

O chefe do executivo disse claramente que a ação desses vereadores é maldosa e que cumpre uma determinação do ex prefeito Bevilaqua Matias e do Deputado Genival Matias.   

Ao final, Fernandes elogiou a postura dos vereadores que são a favor do progresso de Juazeirinho. 

Redação do Cariri 
Proxima Anterior Inicio