EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

sexta-feira, 18 de março de 2016

PROTESTOS A FAVOR DE DILMA ACONTECEM EM 17 ESTADOS E NO DF

DP-O dia de hoje é marcado por diversas manifestações em favor do governo da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula em 17 estados além do Distrito Federal. São Paulo continua sendo o maior palco de manifestações pelo País. Cerca de oito quarteirões da Av. Paulista estão totalmente ocupados pelos manifestantes contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff e em defesa da nomeação do ex-presidente Lula para a Casa Civil. A expectativa dos organizadores é reunir cerca de 150 mil pessoas no ato.

No Rio de Janeiro, foram armados palcos para apresentação de artistas na Praça 15 e a aglomeração começou por volta das 15h e o último balanço divulgado pela Polícia Militar estimava a participação em 3 mil pessoas, mas desde então o número cresceu bastante. Em Brasília, os manifestantes se concentram próximos à Biblioteca Nacional e já são 1,2 mil, de acordo com a Polícia Militar.

Em Aracaju (SE) há cerca de 15 mil pessoas, segundo os oganizadores, que farão uma caminhada por bairros da cidade. A Polícia Militar do Estado ainda não fez estimativa. Em Salvador, a caminhada começou no bairro do Campo Grande e já chegou à Praça da Piedade. Os cerca de dois mil manifestantes, segundo a Polícia Militar, seguirão até a Praça Castro Alves.

Na Paraíba, os organizadores estimam que 10 mil pessoas participam do ato pró-governo em João Pessoa. A Polícia Militar do Estado ainda não fez estimativa. Em Recife (PE), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) calculou em 30 mil o número de pessoas participando do protesto em favor do governo concentrado na Praça do Derby.

Santa Catarina também tem protesto favorável ao governo e reúne 1,5 mil pessoas, de acordo com a PM catarinense. Porto Alegre ainda não fez estimativa de público, mas a concentração é na esquina democrática. Em Goiânia, os organizadores estimam a adesão em torno de mil pessoas na Praça Universitária.

Em Belo Horizonte, há cerca de cinco mil pessoas, de acordo com a PM, participando do ato em favor do governo Dilma. A concentração acontece na Praça Afonso Arinos desde às 16h e conta com a participação de movimentos sociais e estudantis, além de militantes do PT e do PCdoB.
Proxima Anterior Inicio