EM DESTAQUE

Conselheiro do TCE elogia processo de transição em Juazeirinho

O prefeito Jonilton Fernandes esteve em João Pessoa essa semana em reunião com o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado - TCE - Dout...

Rádio Online

quinta-feira, 24 de março de 2016

Revista revela plano de Lula para fugir e pedir asilo na Itália

DP-Nem os mais otimistas adversários do PT poderiam imaginar um desfecho tão espalhafatoso para as investigações de crimes de corrupção atribuídos ao ex-presidente Lula. A revista Veja que circula neste fim de semana revela, em reportagem de capa, um plano mirabolante de Lula de fugir para a Itália, onde pediria "asilo político", para evitar sua prisão.

A informação espanta pelo fato de haver fracassado uma iniciativa semelhante, do petista Henrique Pizzolato, ladrão transitado em julgado que, preso na Itália, acabou sendo extraditado para o Brasil e atualmente cumpre pena no presídio da Papuda, em Brasília.

 A opção pela Itália decorre do fato de que sua mulher, Marisa, e filhos obtiveram cidadania italiana.

Outro fato que torna impressionante o plano, é a solicitação de "asilo político" exatamente ao País que ele desrespeitou, ao conceder "asilo político" ao terrorista Cesare Battisti, no apagar das luzes do seu governo. Battisti foi condenado duas vezes à prisão perpétua, na Itália, por assassinar a sangue frio quatro inocentes em nome de uma organização terrorista conhecida como "Proletários pelo Comunismo".

Veja apurou o fio da meada que leva a um plano secreto destinado a tirar Lula do Brasil, caso sua prisão seja decretada. O plano prevê que Lula pediria asilo a uma embaixada, de preferência a da Itália, depois de negociar uma espécie de salvo-conduto no Congresso, que lhe daria permissão para deslocar-se da embaixada até o aeroporto sem ser detido - e, do aeroporto, voaria para o país do asilo. A cronologia do plano, de acordo com os detalhes que Veja conseguiu levantar, é narrada em reportagem de capa desta semana.
Proxima Anterior Inicio