EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

domingo, 3 de abril de 2016

Especial Domingo: Vida saudável pode evitar principais doenças que causam morte no país

JP-Manter uma vida mais saudável pode evitar problemas futuros e até mesmo o óbito. No entanto, cuidar da saúde ainda é visto como um processo que exige um esforço que boa parte da população não está disposta a se submeter. De acordo com os últimos dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, as principais causas de falecimento decorrente de doenças podem ser evitadas com substituição de hábitos.

A análise revelou que o AVC, infarto, pneumonia, diabetes e hipertensão são os cinco principais problemas de saúde que podem ocasionar o óbito por doenças. O sedentarismo, má-alimentação, estresse e outras situações do cotidiano podem afetar a qualidade de vida e, consequentemente, auxiliar no processo de desencadeamento de doenças, como explica a nutricionista do Hapvida Saúde, Tanara Ferreira.

“Muitos componentes da alimentação dos brasileiros são associados ao desenvolvimento de doenças, como o câncer, problemas cardíacos, obesidade e outras enfermidades crônicas, como o diabetes. Por isso, alimentos ricos em gorduras, como frituras, molhos com maionese, bacon, presuntos, salsichas, linguiças, mortadelas, entre outros, devem ser ingeridos com moderação ou, até mesmo, evitados. A adoção de uma alimentação saudável previne o surgimento de doenças crônicas e melhora a qualidade de vida”, esclarece.

Porém, esse processo de mudança não precisa ser radical e imediato. É necessário, primeiramente, tomar consciência da necessidade de substituição de hábitos e, aos poucos, inserir novos costumes ao cotidiano. “A adoção desses hábitos tem por objetivo a manutenção da saúde física e psicológica, aumentando a qualidade de vida, pois o nosso corpo reage de acordo com o tratamento que recebe”, afirma a especialista do Hapvida Saúde.

Essa mudança alimentar, bem como a prática de exercícios físicos são fundamentais não só para a manutenção da qualidade de vida, mas também para uma vida longa e saudável. A nutricionista explica que uma alimentação rica em frutas e verduras é essencial para a saúde, assim como a prática de atividades físicas diárias, “pois ambos fatores podem controlar e reduzir a pressão arterial, diminuir o percentual de gordura e melhorar o metabolismo da glicose, entre outros benefícios.”


Proxima Anterior Inicio