EM DESTAQUE

Inep divulga hoje gabaritos da segunda aplicação do Enem

Os candidatos que fizeram a segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no último fim de semana, dias 3 e 4, terão acesso ...

Rádio Online

terça-feira, 5 de abril de 2016

Ex-prefeito de Juazeirinho publica nota a imprensa

No início da noite dessa terça feira (5), horas depois de ter sido hostilizado em praça pública e atingido por um ovo na cabeça, o ex-prefeito de Juazeirinho, Beviláqua Matias Maracajá, resolveu se pronunciar. 

Afirmou que fez um governo democrático, quando passou pela prefeitura, “fizemos o governo mais seguro da história do nosso Município, como e público e notório, quando perdi as eleições em 2012, respeitei a vontade popular, o que deve ser feito em uma democracia e o respeito pelas opiniões contrárias”.

Mais adiante no escrito, o ex-gestor se referiu aos protestos que sofreu nas ruas de Juazeirinho como covardia, “hoje à tarde fui vítima de uma orquestração covarde de pessoas que tentaram me agredir com palavras e atirando ovos, não só a mim como as vereadoras do nosso município”. 

Quando fez referência a reprovação do Projeto de Lei que causou toda essa celeuma, o ex-prefeito sugeriu que o governo busque na justiça o que julgar direito “se não foi de acordo com o governo, deve este entrar com os meios jurídicos que achar necessário”. 

Beviláqua afirmou que na passagem política que fez pela cidade de Juazeirinho, jamais agrediu qualquer pessoas “sempre no embate com os meus adversários, sempre agi com respeito, divergindo sim, mas nunca agredindo fisicamente ninguém”. 

Matias classificou como vergonhoso o episódio dessa terça feira, “o que se viu hoje foi uma verdadeira vergonha, uma baixaria, uma covardia”. 

O político fez questão de ressaltar que entre a multidão havia pessoas que foram ajudadas por ele: “Muitas... que eu ajudei com um emprego, tirando um parente da cadeia entre outros favores”. 

Bevi, como é mais conhecido em Juazeirinho, disse no trecho final que está firme e disposto a seguir “não baixarei a cabeça aos covardes, aos vis. Pois bem meus amigos, estou com vocês, mais forte e mais decidido de que nunca a lutar por cada um de vocês”. 

O ex-prefeito de Juazeirinho não esclareceu sobre as acusações de que ele interfere no trabalho da Câmara Municipal e também não comentou sobre o que acha da reprovação do Projeto de Lei e os efeitos disso na sociedade. 

A nota chegou a nossa redação através da rede social WhatsApp, no grupo "politicando" que é gerenciado pelo portal www.lazarofarias.com.br e foi enviada pelo Deputado Estadual Genival Matias Filho, irmão do ex-prefeito.  

Redação do cariri 

Proxima Anterior Inicio