EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Homem descobre mansão romana com 1,5 mil anos enterrada no seu jardim

Yahoo Notícias
19 de abril de 2016

Imagina você está cavando no quintal de sua casa e descobre uma vila história com mais de 1,5 mil anos. A história pode parecer improvável, mas foi exatamente o que o aconteceu com um designer. 

 Luke Irwin estava arrumando os cabos elétricos em sua casa em Brixton Deverill, na Inglaterra, quando encontrou um pedacinho de um mosaico. Curioso, ele contatou alguns arqueólogos locais e descobriu que aquele pequeno azulejo fazia parte de uma vila romana construída entre os anos de 175 e 220.


Em pouco tempo começaram as escavações. Durante oito dias, foram encontradas conchas de ostras, um poço romano, um caixão infantil, moedas, jóias e artefatos de cerâmica, no que o órgão Historic England considerou como a descoberta mais significativa do gênero na última década.

Segundo o arqueólogo David Roberts disse ao Buzzfeed, o local teria um potencial incrível, graças ao ótimo estado de conservação em que a vila foi encontrada, não tendo sido danificada pela agricultura há mais de 1,5 mil anos. O vídeo abaixo mostra uma reconstrução do local feita a partir das descobertas realizadas na área.





Proxima Anterior Inicio