sábado, 30 de abril de 2016

IMPEACHMENT DE DILMA PODE SE JUGADO EM JULHO

Nem 90 dias, como no caso Collor, nem 180 dias, prazo máximo previsto na Constituição: o julgamento da presidente Dilma Rousseff no Senado poderá ser realizado em 60 dias, por volta do dia 11 de julho, uma segunda-feira. A ideia é definir tudo antes do início do recesso parlamentar. A oposição e a turma de Michel Temer acham que quanto mais rapidamente isso for resolvido, melhor para o País. A informação é do colunista Claudio Humberto, do Diário do Poder.

Outra alegação para julgar Dilma antes do recesso é a necessidade de aprovar o projeto de altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

A ideia é que Michel Temer, com a LDO, tenha instrumento para promover ajustes necessários, sem a necessidade de manobras fiscais.

Os oposicionistas acertaram com Michel Temer a intensificação no esforço para construir os dois terços dos votos (54) do Senado.
Share:

São Vicente do Seridó firma parceria com a UFCG

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias