EM DESTAQUE

Inep divulga hoje gabaritos da segunda aplicação do Enem

Os candidatos que fizeram a segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no último fim de semana, dias 3 e 4, terão acesso ...

Rádio Online

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Manoel Júnior pode ser indicado para ministério do governo Temer

Após a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), na Câmara dos Deputados, o deputado federal Manoel Junior (PMDB) foi recebido, no início da madrugada desta segunda-feira (18) pelo vice-presidente Michel Temer (PMDB), no Palácio do Jaburu – residência oficial da vice-presidência de República.

Manoel Júnior foi cotado no governo Dilma para assumir o Ministério da Saúde. Com sua expectativa frustrada, o parlamentar foi um grande articulador para conseguir votos para o encaminhamento do processo do impedimento da presidente. Essa dedicação poderia ser recompensada com a repetição da oferta ministerial.

A grande questão é: se essa oferta lhe foi feita, Manoel Júnior escolheria abrir mão da candidatura pelo ministério?

No momento o deputado federal confirma apenas que ouviu de Temer que é preciso focar na necessidade de equilíbrio e responsabilidade que o momento exige para promover as mudanças necessárias no Brasil. “Como vinha dizendo durante o processo de impeachment, o país tem agora melhores condições políticas para avançar num plano de estabilização do desenvolvimento econômico e social”, disse o deputado.

“Sabemos, por orientação do vice-presidente Michel Temer, do grau de responsabilidade que teremos para promover estas mudanças. O PMDB vai fazer tudo aquilo que o governo da presidente Dilma não conseguiu. A partir de agora o país tem mais esperança e fôlego para se recuperar dos seus males”, acrescentou.

Fonte: MaisPB e Polêmica Paraíba
Proxima Anterior Inicio