EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

sábado, 30 de abril de 2016

Wilson Filho critica Cartaxo e afirma que está em 2º lugar nas intenções de voto

O deputado federal Wilson Filho (PTB) disse na noite desta sexta-feira, 29, que a Paraíba poderá receber mais recursos com Michel Temer (PMDB) no governo e paraibanos ocupando ministérios. Em entrevista ao programa Master News, da TV Master, ele disse que o PTB ainda não definiu seu posicionamento em relação ao impeachment e afirmou que o partido ainda tem um ministério no governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

Sobre a chegada do possível governo Temer, ele disse que não gostaria de viver este momento da história, mas pontuou “que vivemos um caos na economia, política e vários setores e tudo o que a imprensa tem mostrado da preocupação do vice-presidente Michel Temer de procurar pessoas capacitadas para ocupar cada setor, já mostra uma intenção de acertar, no momento em que ele se preocupa com o perfil dos profissionais é porque quer acertar”.
ele enfatizou sua esperança na melhoria do governo federal com a saída da petista e admitiu a crença que o Brasil voltará a crescer com a saída da presidente.

Questionado sobre João Pessoa, ele disse que a população precisa de cuidados e de um gestor que se preocupe com as pessoas. “João Pessoa quer um gestor que assuma suas responsabilidades, precisa de uma pessoa que faça a cidade crescer de verdade, eu quero apresentar propostas viáveis e no momento em que os partidos estão sem definição do nome que vai disponibilizar para a eleição, eu me preocupo em ouvir a população nos bairros, não há nenhum pré-candidato que vá aos PSFs sem médicos, que vá aos bairros sem calçamento, não dá para ser candidato sem ouvir as pessoas, eu vou apresentar meu plano de governo na próxima semana”, explicou.

Sobre as alianças, ele preferiu não citar as siglas que já firmaram parceria.

Já sobre a possibilidade da professora universitária Cida Ramos (PSB) ser a futura candidata a prefeitura, ele disse que “havia uma tendencia natural de haver polarização entre os candidatos que estão com as máquinas nas mãos, um com a máquina do município e outra candidatura com a maquina do estado, mas não temos mais esta certeza, vale dizer que temos um prefeito com uma gestão desastrosa em João Pessoa, com uma péssima avaliação e a população está avaliando os perfis”, destacou.

Ele finalizou dizendo que o PTB realiza duas pesquisas de intenções de votos por mês e afirmou que está em segundo lugar na preferência dos pessoenses. “Eu espero que os pessoenses percebam que nossas propostas são melhores que a gestão que aí está, vou confiante para a disputa porque sei que entre as quatro principais pré-candidaturas, eu não serei o quarto colocado”.

Créditos: Polêmica Paraíba

Proxima Anterior Inicio