EM DESTAQUE

JUAZEIRINHO: GOVERNO AVANÇA NA SEGURANÇA HÍDRICA E MANTÉM RITMO FORTE DE TRABALHO

Programa Água Doce na Barra  O governo da cidade de Juazeirinho avança como se não fosse terminar em 31 de dezembro. O ritmo de trabalh...

Rádio Online

terça-feira, 10 de maio de 2016

PMDB no Facebook: "Falta pouco para unir o Brasil"

A poucas horas do início da sessão de votação no Senado que poderá afastar a presidente Dilma Rousseff do mandato por até 180 dias, o PMDB, partido do vice-presidente Michel Temer, do qual é presidente licenciado, utilizou as redes sociais nesta terça-feira (10) para publicar, até com um certo tom de provocação, o que espera dos próximos tempos. Na página nacional do partido no Facebook, em uma arte postada com a foto de Temer, está encaixada a frase “Falta pouco para unir o Brasil e fazer um governo sem rancor e sem ódio”. A postagem foi acompanhada das ‘hashtags’ ‪#‎UnidosComBrasil,‬ ‪#‎SomosTemer‬, ‪#‎OBrasilQuerMudar‬ e ‪#‎OBrasilVaiMudar‬, tendo, até as 21h desta terça, 5,2 mil ‘curtidas’ e 2,1 mil compartilhamentos.

A sessão desta quarta-feira (11) está marcada para começar às 9h e será dividida em três blocos: um de 9h às 12h, outro de 13h às 18h e um terceiro, que começará às 19h. No último bloco, estão previstas as falas do relator do processo, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), que defende a continuidade do processo; e, em seguida, do advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, que faz a defesa de Dilma.

O quórum mínimo para votação é de 41 dos 81 senadores (maioria absoluta). Será possível votar sim, não ou abstenção. Após a conclusão da votação, será divulgado como cada parlamentar votou. Para que o parecer seja aprovado, é necessário voto da maioria simples dos senadores presentes – metade mais um. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), espera que antes das 22 horas a votação do parecer seja concluída. Ele só vota em caso de empate.

correio 
Proxima Anterior Inicio