Entrevista da semana com a Diretora do Hospital de Taperoá

Caririzeira foi assassinada na Capital do Estado

A juazeirinhense "Dada de Petisco", 39 anos, foi assassinada provavelmente a facadas, na rua Romário C. Moraes, bairro de Mangabeira, na capital paraibana.

Seu corpo foi encontrado pela Polícia Militar na tarde desta terça-feira (7) com sinais de agressão e marcas de ferimentos por arma branca.

A Polícia Civil deu início as investigações para tentar elucidar mais este femicídio, porem até o momento nenhum suspeito foi preso.

Problemas com as drogas

"Dada" enfrentava problemas com as drogas, principalmente o crack, há alguns anos e, inclusive, chegou a se submeter a tratamento em uma clínica para tentar se livrar do vício.

Em Juazeirinho, ela foi casada com o comerciante, "Alex de Zé Ireno", com quem tem uma filha.

Ela, considerada uma das mulheres mais belas de Juazeirinho na década de 90, também deixa outra filha pequena.

Heleno Lima 


Share:

Taperoá: Prefeito promete recuperação do Celso Mariz

Entrevista da semana

Rádio Online

Jurandi sobre mudança no Hospital