EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

quarta-feira, 1 de junho de 2016

EXCLUSIVO: Conheça a Taperoá que o Poder Público não mostra, onde a dignidade humana é afrontada todo dia.

Quem viu Taperoá semana passada na requintada publicidade da TV Globo local, ou quem escuta por algumas emissoras de rádio da região, as reportagens positivistas que vão ao ar, não faz ideia do que a cidade esconde no seu interior. 

A reportagem do Portal Lázaro Farias foi conhecer um pouquinho da outra Taperoá, a que não se mostra, mas efetivamente existe.

Nossa parada foi o bairro São José, o objetivo dessa reportagem é mostrar "o canal da vergonha", um lugar onde a dignidade humana de centenas de pessoas, é afrontada todos os dias, pela fedentina dos esgotos a céu aberto, mas principalmente, pelo descaso do poder público. 

Confira algumas fotos: 


Essas imagens foram feitas em 22 abril de 2016. Exatamente no dia em que o Brasil celebrava os 516 anos do "descobrimento", a Câmara Municipal de Taperoá, realizou uma sessão itinerante no Bairro São José, para o cobrar da prefeitura, o fim da situação que vocês puderam ver acima.   

Imagem da sessão da Câmara Municipal realizada no bairro São José


Confira abaixo vídeos em que moradoras descrevem a situação vivenciada todos os dias num dos maiores bairros da cidade de Taperoá: 





O prefeito Jurandi Gouveia de Farias, esteve presente, ouviu atentamente as moradoras, os vereadores e as vereadoras, mas passados 40 dias, nada de concreto aconteceu, a realidade da comunidade é a mesma e a falta de crédito no poder público também.

O que mudou mesmo, foram os planos midiáticos da prefeitura, que além do rádio, alcançaram também a televisão para mostrar uma Taperoá que segundo a gestão municipal, está em progresso, mas na prática, esconde cicatrizes profundas . Um recurso financeiro, que talvez ajudasse a resolver o problema do bairro São José. 

Nossa reportagem conversou nesta segunda feira dia 31 de maio com Eliane Noel, moradora que aparece no primeiro vídeo dessa matéria, ela confirmou que a situação permanece inalterada.  













  
Fonte: Redação









Proxima Anterior Inicio