EM DESTAQUE

Comissária sobrevivente defende piloto: "Morreu como herói"

A comissária de bordo sobrevivente do voo com o time da Chapecoense, Ximena Suárez Otterburg saiu em defesa do piloto Miguel Quiroga, que ...

Rádio Online

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Polícia desvenda assassinado de jovem no Cariri, mas acusado está foragido

A equipe da Delegacia de Serra Branca elucidou em pouco mais de 24 horas o homicídio ocorrido na zona rural de São José dos Cordeiros, envolvendo um jovem de 16 anos da cidade de Livramento. Israel Ramos dos Santos foi encontrado morto na manhã da última quinta-feira, 26 de maio, feriado de Corpus Christi, no Sítio Coxo com marcas de violência e o corpo queimado.

Nesta quarta-feira (01), o delegado de Serra Branca, Dr. Rodrigo Monteiro, conduziu várias pessoas de Livramento para a Delegacia de Serra Branca onde após exaustivas coletas de testemunhos, foi possível concluir que o autor do assassinato do jovem foi o frentista Arnaldo Almeida Pessoa Filho, conhecido como Júnior, natural de Livramento.

O acusado e a vítima eram amigos e dividiam o desejo por uma garota, que ultimamente estava se relacionando com o jovem Israel. Enfurecido com o relacionamento dos dois, Júnior chegou a ter discussão com Israel e na noite da terça-feira (24/05) acabou assassinando-o. O motivo do crime, segundo apurou o delegado, foi realmente ciúmes.

O acusado pediu ao pai para tirar certo horário de seu plantão e marcou com a vítima para encontrá-lo, sem transparecer o que planejava. Júnior levou Israel para a zona rural de São José dos Cordeiros, provavelmente desferiu golpes de faca na vítima até matá-lo e voltou para Livramento.

No dia seguinte, ele comprou combustível e voltou ao local do crime, queimando o corpo do jovem Israel e deixando-o lá. A partir desse dia, ele não foi mais visto e apenas na quinta-feira (26) pela manhã o corpo da vítima foi encontrado.

O delegado Dr. Rodrigo Monteiro já emitiu circular para a Polícia Civil estadual e decretou Arnaldo Almeida Pessoa Filho como foragido. A autoridade policial parabenizou a equipe da Delegacia de Serra Branca, que se empenhou e em menos de 24 horas conseguiu identificar e elucidar mais um crime contra a vida no Cariri Paraibano.

DE OLHO NO CARIRI
Proxima Anterior Inicio