sábado, 25 de junho de 2016

Vereador revela ameças de morte para renunciar mandato na PB

O vereador de Pedra Branca, Francisco Geneton de Caldas, de 52 anos, que havia registrado queixa na delegacia por suposta ameaça de morte, no último dia 18, desistiu da representação: dois dias depois, ele procurou a polícia e retirou a queixa.

Na queixa, o parlamentar mirim, que é ligado politicamente ao prefeito, disse que três pessoas teriam obrigado-o, sob ameaça, a assinar um documento renunciando ao mandato de vereador. Geneton disse que assinou o documento, mas, dois dias depois, registrou a queixa. No entanto, agora, depois de um suposto entendimento com as pessoas que acusava, desistiu da denúncia e não vai renunciar ao mandato, ou seja, não vai cumprir o documento que assinou.

Como não deu tempo, a polícia não chegou a apurar o motivo do desentendimento e a razão do interesse das três pessoas que supostamente queriam a renúncia do parlamentar mirim. Com a retirada da queixa pela suposta vítima, o Boletim de Ocorrência será arquivado.

LF com Folha do Vali
Share:

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias