terça-feira, 2 de agosto de 2016

Temer vai relaxar o acordo feito com os Estados

Para tentar aprovar a renegociação da dívida dos Estados, o presidente interino, Michel Temer, deve ceder a pressões e flexibilizar o limite de gastos com pessoal em certos casos, noticia o jornal Folha de São Paulo.


Foto: Agência Brasil

Para alguns órgãos, as despesas com terceirizados, auxílio-moradia e outros benefícios ficarão de fora dos limites fixados por período de dez anos.

*Com informações de uol

FONTE: Da Redação*
Share:

Vereador de Pedra Lavrada diz que enquete foi forjada para prejudicar prefeito

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias