EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Estudante morre após dar salto mortal em açude; veja vídeo

Um vídeo mostra o salto dado pelo estudante de enfermagem Adelvanir Pereira Alves, de 23 anos, pouco antes de morrer. Ele morreu após passar mal, momentos depois de dar um salto mortal e mergulhar de uma ponte em um açude em que brincava com amigos, na Vila Pentecostes, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. O caso ocorreu no domingo (27), o jovem morreu no local.

No vídeo, o jovem é o primeiro a saltar na água, em seguida saltam o irmão dele, Alcemir Alves, de 24 anos, e um amigo.

“Foi uma tragédia. Estávamos na colônia de um amigo em um dia de lazer. Tomávamos banho e pescávamos. Depois do almoço decidimos gravar um vídeo pulando. Meu irmão pulou e quando boiou disse que estava sem ar. Eu e um amigo o ajudamos a subir, mas ele desmaiou e tentamos reanimá-lo”, disse ao G1, o irmão do jovem.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levou, de acordo com o irmão da vítima, cerca de 30 minutos para chegar ao local. “A enfermeira pediu apoio de outra viatura com um médico que tentou reanimar ele, mas não teve jeito”, contou.



O médico legista Marcelo Lima, responsável pela necrópsia, explica que a morte não foi causada pelo salto e sim, segundo o laudo do Instituto Médico Legal (IML), por broncoaspiração de suco gástrico.

“Ele pode ter tido um refluxo na hora em que mergulhou e como havia acabado de almoçar fez uma broncoaspiração e entrou água no pulmão dele, o que o matou. Ele não possuía nenhuma lesão”, salientou.

O corpo está sendo velado na casa dos pais do jovem, na Rua Madeira, no bairro Formoso, e será sepultado às 16h no Cemitério Jardim da Paz.

www.lazarofarias.com.br com G1


Proxima Anterior Inicio