EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Sete rádios da Paraíba vão migrar de AM para FM e Rômulo celebra Dia do Radialista


O deputado federal Rômulo Gouveia (PSD) participou, nesta segunda-feira (7), em Brasília, da solenidade em que o presidente da República Michel Temer autorizou a migração de rádios de AM para FM. Admirador do rádio, Rômulo aproveitou para parabenizar os radialistas pelo seu dia, celebrado neste 7 de novembro.

Assinaram o termo de migração hoje, data que marca o Dia do Radialista, 244 emissoras de rádio AM de todo o país, migrando para a faixa FM. De acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), das 1.781 rádios AM do País, 1.386 (77%) pediram para mudar para a frequência FM.

Na Paraíba assinaram o aditivo para migração as rádios Panati de Patos, Borborema de Campina Grande, Rádio Bom Sucesso de Pombal, Rádio Progresso de Sousa, Rádio Cultura de Guarabira, Rádio Santa Maria de Monteiro e Rádio Princesa de Princesa Isabel.

Rômulo destacou a importância das emissoras de rádio para o Brasil e lembrou que, muitas vezes, é este o veículo responsável pela principal fonte de informação a pessoas, mesmo no tempo em que a internet avança entre os brasileiros. Gouveia aproveitou para parabenizar os radialistas pelo ‘Dia do Radialista’.

A mudança de sistema garante mais qualidade de sinal e a sintonia em dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Segundo o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, um levantamento preliminar mostra que a medida beneficia 25 milhões de pessoas. “São 25 milhões de pessoas que vão receber um serviço de radiodifusão de maior qualidade”, disse.

Dessas, 948 possuem um canal previsto no Plano Básico da Anatel e poderão migrar rapidamente. Outras 438 estão no chamado lote residual e devem esperar a liberação de espaço com o desligamento de sinais analógicos de TV no País.

Assessoria 

Proxima Anterior Inicio