EM DESTAQUE

Incêndio entre Junco do Seridó e Assunção é considerado o maior desastre ambiental da região do seridó e cariri

Entre Junco do Seridó e Assunção, a mata está sendo destruída há vários dias por conta de um incêndio incontido pelos bombeiros. O fo...

Rádio Online

terça-feira, 1 de novembro de 2016

UFPB vai cortar ponto de servidores grevistas com base na decisão do Supremo Tribunal Federal

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) deve cortar o ponto dos servidores técnico-administrativos que tenham aderido à greve na instituição, com base na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou constitucional o desconto dos dias parados em razão de greve dos funcionários.

Pelo menos essa foi a recomendação da Procuradoria Federal da instituição, em parecer emitido pelo Procurador-Chefe, Carlos Octaviano Mangueira.

No documento, Carlos Mangueira orienta a reitora Margareth Diniz proceder em conformidade com o entendimento do STF. Segundo ele, cabe agora a instituição notificar o sindicato da categoria sobre a decisão e exigir de todas as chefias responsáveis pelo controle de ponto no âmbito da UFPB a informação diária acerca de eventual ausência em razão de greve dos servidores.

MaisPB
Proxima Anterior Inicio