quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Napoleão Maracajá diz que vai a justiça contra reajuste e 13º dos vereadores de Campina

O vereador não reeleito Napoleão Maracajá (PCdoB), em entrevista veiculada na manhã desta quinta-feira (15), voltou a falar sobre o reajuste dos salário e aprovação do 13º para os parlamentares de Campina Grande.

Maracajá se pronunciou ainda ontem sobre o reajuste através de sua conta no Twitter, onde afirmou que iria à Justiça por conta da medida aprovada na Câmara.



Foto: Paraíbaonline

– Vamos entrar com uma ação na Justiça para derrubar, pelo menos, a aprovação do 13º salário. Para cargo eletivo, não é permitido o 13º. A Câmara vai na contramão da história, porque este não era o momento para a aprovação disso – declarou.

Napoleão não estava presente na sessão de ontem. Ele justificou sua ausência alegando que estava participando de uma assembleia no município de Massaranduba.
Segundo informações de Maracajá, ninguém esperava que o reajuste fosse tratado na manhã de ontem.

– Fui pego de surpresa. Eles (vereadores) atrasaram a sessão por cerca de duas horas para que a imprensa e o pessoal que estava na galeria saísse da sessão – afirmou.
Por fim, Maracajá afirmou que espera que os vereadores que aprovaram o novo salário deem uma explicação coerente à população.

Com a medida, os vereadores da cidade vão passar a receber cerca de 15 mil reais, mais o 13º no fim do ano.

As declarações foram veiculadas na rádio Campina FM. 

www.lazarofarias.com.br
Com paraibaonline
Share:

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias