Notícia da hora

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Amigo e ex-secretário é o primeiro a admitir publicamente: “Campos foi alvo de atentado”

Entrevistado na noite de ontem (30) no Frente a Frente, da TV Arapuan, o jornalista paraibano Evaldo Costa, ex-secretário de Comunicação de Pernambuco, confessou suspeita de que o presidenciável Eduardo Campos (PSB) fora alvo de um atentado político, e não simplesmente de um acidente aéreo. O desabafo, segurado por dois anos e meio, é o primeiro feito publicamente por alguém que conviveu tão longa e proximamente do ex-presidente nacional do PSB.

Para Evaldo – braço direito no Governo, secretário duas vezes e amigo de Campos – , adversários sabiam do potencial de Eduardo na disputa e, entre aqueles que temiam o “perigo que ele representava, havia gente com capacidade” para eliminá-lo.

Mais PB 
Share:

Curta Prefeitura de Assunção

Dicas de Saúde

O Brasil é destaque aqui