segunda-feira, 6 de março de 2017

Farol alto usado errado pode causar acidentes, multas e perda de pontos na CNH

Após um acidente possivelmente provocado por uso errado do farol alto, na noite desse domingo (5), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) alertou para multas, no valor de R$ 130,16, e perda de quatro pontos na Carteira de Habilitação de motoristas infratores. Um motorista relatou ter se assustado com um veículo usando farol alto vindo no sentido contrário, no distrito de Várzea Nova, em Santa Rita, na Grande João Pessoa, e ele acabou capotando o carro. Onze pessoas estavam no carro, mas a PRF não tinha informações da ocorrência porque ela ocorreu fora da BR.

De acordo com Éder Rommel, da comunicação da PRF na Paraíba, o farol alto pode ser usado, mas o motorista deve obedecer restrições, como desligá-lo quando outro veículo trafegar em sentido contrário e evitar o uso durante aproximação em veículos no mesmo sentido.

“O farol alto pode ser usado já que ele amplia o raio de visão dos motoristas, mas deve-se obedecer a restrições. O motorista que usa farol alto deve apagá-lo quando notar aproximação de um veículo em sentido contrário para evitar ofuscação da visão. O mesmo deve acontecer quando o motorista chegar próximo a um veículo no mesmo sentido, pois o farol alto ofusca a visão do condutor e os retrovisores, podendo causar acidentes”, contou Éder Rommel.

Segundo Éder Rommel, infrações com luz alta não são comuns, principalmente por falta de denúncias e solicitações de motoristas. 

“Não é corriqueiro autuações por luz alta. O que podemos fazer é abordar o motorista infrator, seja durante fiscalizações de rotina e flagrantes ou por denúncia de outros condutores que se sintam incomodados com a ação. Nesses casos pedimos que os condutores nos acionem pelo telefone 191 e informem o trecho onde se encontra o motorista infrator para que possamos tentar encontrá-lo, flagrar a irregularidade e autuá-lo”, disse Éder Rommel.

Portal Correio 

Share:

Vereador de Pedra Lavrada diz que enquete foi forjada para prejudicar prefeito

Entrevista

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias