segunda-feira, 27 de março de 2017

Romero responde Cássio: “Não estou para criar discórdia, estou para criar consenso”

Após sugerir que os dirigentes peçam a sua saída do PSDB, caso não concordem com a sua afirmação de que não abre mão de uma candidatura própria do partido ao governo do Estado em 2018, o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) respondeu a declaração do senador Cássio Cunha Lima, que disse “não ter idade para receber carão”.

Romero disse que respeita o senador Cássio e não vai ser uma eleição que irá separar os dois.

– O PSDB é mil maravilhas. É um partido fantástico e eu sou precursor do partido. Imagina um partido que não raciocina, um partido que não pensa um pouco diferente? Isso é natural. Relacionamento com os membros do PSDB tenho de muito tempo. O senador Cássio tenho amizade pessoal e particular, carinho, respeito e admiração. Ruy, eu fui deputado com ele. Alguém tem que pensar diferente, mas não é algo que vá nos separar nem nessa e nem em outras eleições – declarou.




Foto: Codecom/PB

Romero disse que tenta levar o debate sobre seu nome ao governo do Estado em 2018 para o partido, mas que continua defendendo o nome de Cássio.

O prefeito de Campina afirmou querer consenso e não discórdia entre os tucanos.

– É um desafio que estou tentando estabelecer e a discussão dentro do partido. Não posso decidir sozinho, vou decidir com todos eles para, posteriormente, debater com os partidos de oposição. Temos um modelo bom e exitoso aprovado majoritariamente pela população e acho que pode servir para toda a Paraíba. Eu não estou para criar discórdia, estou para criar consenso. Não será uma eleição que vai me separar do senador Cássio. Pelo contrário, ele é o primeiro nome que eu continuo citando para ser candidato a governador. Fiz parte do governo dele e temos uma relação harmônica, assim como o próprio Ruy – ressaltou.

As declarações repercutiram na Rádio Campina FM.
Share:

São Vicente do Seridó firma parceria com a UFCG

Curta nosso trabalho no facebook

Mais notícias