Notícia da hora

terça-feira, 21 de março de 2017

Segundo suspeito é preso e diz que matou empresária da PB porque ela 'fechou vidro'

Foi preso na manhã desta terça-feira (21), em Natal (RN), durante operação das Polícias Civis do Rio Grande do Norte e da Paraíba, o segundo suspeito de participar do assassinato da empresária Célia Cirne, no dia 24 de dezembro de 2016, em Campina Grande. Segundo a polícia, o homem confessou o crime e disse que atirou na vítima porque ela fechou o vidro do carro no momento do assalto.

De acordo com a delegada Ellen Sousa, responsável pela investigação do caso, no momento da prisão, o suspeito estava dentro de uma casa no bairro Nossa Senhora da Apresentação e não ofereceu resistência.

“O suspeito foi preso, confessou o crime e afirmou que foi responsável pelo disparo. Ele disse que a intenção era de roubar o carro da vítima. Ele alegou que estava nervoso [no momento do crime], tentou abrir a porta do carro, mas a empresária fechou o vidro, prendendo a mão dele. Por conta disso, ele afirmou que efetuou o disparo”, disse a delegada.

Após ser preso, o suspeito foi trazido para Campina Grande, onde foi ouvido e permanece preso na carceragem da Central de Polícia Civil, aguardando audiência de custódia, marcada para esta quarta-feira (22).

O primeiro suspeito do crime havia sido preso no dia 10 de janeiro e é apontado como o piloto da moto usada no crime. Em depoimento à polícia, o suspeito teria confessado a participação, detalhando horários da ação.

O crime

A empresária foi morta no momento em que saia de um estacionamento na Rua Getúlio Vargas, no Centro de Campina Grande. A vítima era irmã do desembargador Cláudio Santos, membro do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN).

Segundo a polícia, a empresária estava dentro do carro e saía do estacionamento quando foi abordada por dois homens, que anunciaram o crime e efetuaram disparos contra a vítima, que foi atingida na cabeça. 

Já baleada, a empresária perdeu o controle do veículo, que bateu em uma parede. Mesmo recebendo atendimento do Samu e sendo encaminhada para o Trauma, a ela não resistiu aos ferimentos e morreu.
Share:

Curta Prefeitura de Assunção

Dicas de Saúde

O Brasil é destaque aqui